×

Devastação ambiental | Após aprovar a PL da Grilagem na Câmara, Arthur Lira recebe a Motosserra de Ouro 2021

Em protesto realizado em frente ao Congresso nesta terça, 17, o movimento Greenpeace premiou o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, que foi “premiado” com a Motosserra de Ouro por sua contribuição na destruição do meio ambiente. Ricardo Salles e Kátia Abreu já receberam esse prêmio.

terça-feira 17 de agosto | Edição do dia

Foto: Adriano Machado/GreenPeace

O deputado Arthur Lira foi simbolicamente premiado com o “Prêmio Motosserra de Ouro Edição 2021”, um protesto anual que o Greenpeace faz contra personagens da política considerados verdadeiras ameaças ao meio ambiente. O protesto ocorreu no Anexo II do Congresso Nacional, em Brasília, onde ativistas encenaram a entrega da "honraria". Participantes vestidos de gala desfilaram por um tapete vermelho e acompanharam a entrega do prêmio a um homem caracterizado de Arthur Lira, exibindo seu crachá de “funcionário do mês do governo Bolsonaro” e segurando um molho de chaves.

A Premiação/protesto já havia ocorrido também com a senadora Kátia Abreu, a musa do agronegócio, quando foi ministra da Agricultura no Governo Dilma. Na última edição foi a vez do ex-ministro do Meio Ambiente de Bolsonaro, Ricardo Salles, que fez de tudo para passar a boiada contribuindo com o desmatamento e a madereira ilegal. Arthur Lira foi o novo premiado após agilizar na Câmara a aprovação da PL da Grilagem, que irá regularizar a ocupação indevida de terras públicas e facilita o desmatamento.

Crise Climática: É o capitalismo, não a humanidade

O Projeto de Lei apresentado pelo Senador Irajá Abreu (PSD) altera cinco leis vigentes que regulam o tema em questão. Dentre as várias determinações, o PL altera a data limite para que a ocupação das terras seja legalizada, passando de 2011 para 2014 e permite que grandes áreas, com até 2500 hectares, passem a ser posse de quem as ocupa sem a necessidade de qualquer vistoria prévia. A medida atende a interesses da bancada ruralista, um dos braços da gestão Bolsonaro, e enfrenta ampla rejeição de movimentos populares.

Veja também: Por uma nova Constituinte que revogue a PL da grilagem e todos ataques




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias