×

Após apresentar notícia-crime contra Salles, delegado é afastado do cargo

Salles e Eduardo Bim, presidente do Ibama, não medem esforços para favorecer os grandes empresários do extrativismo ilegal na Amazônia. Desde fazer vista grossa aos recordes de desflorestamento e massacre dos povos originários, até pressionar a derrubar de seus cargos quem os acusam.

terça-feira 27 de abril | Edição do dia

Como é o caso do delegado da PF (Amazonas), Alexandre Saraiva, que após apresentar uma notícia-crime no STF, acusando Salles acertadamente de legalizar as ações dos empresários criminosos, foi substituído do seu cargo. A acusação envolve tanto as derrubas e carregamento ilegal de toras, quanto acusar o ministro e aliados de dificultar a intervenção dos órgãos de fiscalização ambiental do estado.

Esse caso se junta a vários outros para tentar calar a boca de quem aponta os enormes crimes que estão sendo cometidos na Amazônia, desde o massacre dos povos indígenas até o desmatamento e mineração ilegal, inclusive, esta última já era defendida por Ricardo Salles antes mesmo de assumir a secretaria do Meio Ambiente.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias