Internacional

MÉXICO

Anticapitalistas da Cidade do México entregam mais de 80 mil assinaturas!

Nesta segunda-feira (28), a plataforma Anticapitalistas à Constituinte, impulsionada pelo Movimento dos Trabalhadores Socialistas, entregou 80.210 assinaturas. E fizemos isso uma semana antes de vencer o prazo imposto pelo Instituto Nacional Eleitoral. Isto enquanto preparamos um grande encerramento da campanha neste sábado (2).

Sergio Moissen

Dirigente do MTS e professor da UNAM

quinta-feira 31 de março de 2016| Edição do dia

Superando obstáculos e as travas antidemocráticas e restritivas que buscavam fazer quase impossível a participação dos candidatos independentes, em uma campanha que nos levou a praças, aulas da universidade, portas de fábricas e ao transporte público, começamos o que poucos pensavam ser possível.

Para isso foi fundamental o apoio de dezenas de milhares de trabalhadores, jovens, estudantes, donas de casa que nos escutaram e que decidiram assinar e apoiar o direito democrático de nossa plataforma. Eles acreditam ser fundamental que a esquerda anticapitalista possa participar das próximas eleições. E para que ali se escute a voz e as demandas dos trabalhadores, das mulheres e da juventude.

É evidente que o descontentamento com os partidos tradicionais, os que estão a serviço dos empresários, os que são responsáveis e cúmplices da desaparição dos 43 é profundo. Vemos isso a cada dia nas ruas. E é por isso que milhares viram com simpatia nossas palavras e nos apoiaram.

A plataforma que conformamos, se baseou na força militante. Na combatividade de seus brigadistas, que sofreram ameaças e repressão por parte das forças policiais, e na decisão de conseguir o apoio entre os trabalhadores e os setores populares, entre a juventude e as mulheres.

Chamamos todos os que nos deram seu apoio, e os que pensam que devem ser escutadas as demandas dos trabalhadores, das mulheres e da juventude, a redobrar esta campanha, para enfrentar qualquer manobra que queiram fazer para impedir nosso direito a participar nas próximas eleições.

Queremos apresentar milhares de novas assinaturas, para que seja mais difícil e mais evidente se decidem impedir nossa participação.

Por isso, durante os próximos dias, dezenas de brigadas de trabalhadores e de estudantes continuarão percorrendo o metrô, as universidades e os centros de trabalho, para superar com folga as 73.500 exigidas pelo INE.

Convidamos vocês a se somarem a elas. A difundirem a campanha pela candidatura. A assinarem e colherem assinaturas a favor da plataforma Anticapitalistas à Constituinte.

Grande ato de encerramento

Este sábado 2 de abril, realizaremos um grande ato de encerramento. Às 16:00, no Hemiciclo la Juárez, em uma atividade político-cultural, onde estarão presentes organizações e artistas solidários com nossa campanha, junto ao MTS, a Agrupação de Mulheres Pan y Rosas e a Agrupação de professores Nossa Classe.

Aí apresentaremos os resultados desta intensa atividade em busca do direito a se candidatar, e as propostas que faremos – uma vez que nos outorguem esse direito – como candidatos à Assembleia Constituinte, para que se escute a voz dos trabalhadores, das mulheres e da juventude.

Falaremos também das tarefas que temos os que queremos lutar e nos organizar contra o projeto de cidade de Mancera, Peña Nieto e seus partidos, contra a cidade da precarização do trabalho, dos feminicídios e da criminalização da juventude. E que queremos lutar por uma cidade a serviço dos que todos os dias a põem em funcionamento: os trabalhadores e o povo.

Esperamos vocês.




Tópicos relacionados

Internacional

Comentários

Comentar