×

Alexandre Valle é o primeiro nome da planilha de deputados de recebiam propina da Fetranspor

O mais novo secretário da Educação do Rio de Janeiro já foi citado em delação premiada pelo ex-presidente da Fetranspor Lélis Teixeira enquanto parte de uma lista de 21 deputados que recebiam cerca de R$ 20 milhões em propina da empresa.

quinta-feira 3 de junho | Edição do dia

IMAGEM: REPRODUÇÃO

Alexandre Valle, o mais novo secretário da Educação do Rio de Janeiro nomeado pelo governador Cláudio Castro (PL) já foi acusado pelo ex-presidente da Fetranspor Lélis Teixeira, como um dos 21 políticos, que teriam recebido R$ 20 milhões em caixa dois nas eleições de 2014 e 2016.

Na época do esquema, o secretário fazia parte do PRP e além deste, também foram citados nomes como Otávio Leite (PSDB) e Felipe Bornier (PROS), que foram secretários do ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel, além dos deputados federais Aécio Neves, Hugo Leal e Rosângela Gomes. A acusação foi em feita em delação premiada de Lélis Texeira em 2019.

Na época da delação, Texeira comentou que parte dos pagamentos eram divididos entre a Fetranspor, orgão estadual das empresas de ônibus do Rio de Janeiro, e a RioOnibus, que agrupa as empresas da cidade da capital do Estado.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias