×

Eleições 2021 Argentina | Alejandro Vilca: “Esperamos fazer história com o apoio do povo trabalhador e da juventude”

Com uma grande expectativa e diante da possibilidade de chegar ao Congresso pela primeira vez, considerando o resultado das prévias e o amplo apoio à esquerda, o gari Alejandro Vilca votou na província de Jujuy, na Argentina. “Sabemos que o regime está temeroso, não vão nos roubar outra eleição”, disse.

domingo 14 de novembro | Edição do dia

Como viemos publicando aqui no Esquerda Diário, a Argentina se encontra em plenas eleições legislativas e a Frente de Esquerda e dos Trabalhadores - Unidade vem se alçando à terceira força política nacional no país vizinho. Um enorme exemplo de independência política dos trabalhadores, de uma esquerda unida na luta de classes e sob um programa pró-operário para que os capitalistas é que paguem pela crise, que inclui propostas como a redução da jornada de trabalho para 6 horas sem redução salarial.

O candidato a deputado nacional pelo PTS-Frente de Esquerda, Alejandro Vilca, emitiu seu voto e diante da imprensa denunciou as irregularidades no início da votação. “Rompem nossas cédulas, misturam cédulas das PASO com as das eleições gerais, desaparecem com nossas cédulas e colocaram travas ao trabalho de nossos fiscais. Isso é muito grave porque deixa vulnerável a vontade popular, advertimos as autoridades judiciais sobre todos esses incidentes”.

Vilca falou sobre as expectativas para esta eleição. “Após a intensa campanha em distintos pontos da província, recebemos um apoio muito grande, tem chegado a nós imensas mostras de trabalhadores, comunidades originárias, jovens e mulheres que nos acompanham e que lutam dia a dia. Vemos que há muita expectativa que a voz do povo trabalhador chegue ao Congresso junto com a esquerda”.

Em relação ao andamento dos comícios eleitorais, Vilca pediu a colaboração de todo o povo. “Sabemos que competimos com grandes aparatos e nossa força faz tudo com os próprios braços, por isso, peço que nos ajudem a fiscalizar, caso vejam irregularidades nos comuniquem, é preciso defender a vontade popular”.

Ao concluir, Vilca disse que “hoje podemos fazer história e consolidar um bloco de deputados e deputadas da esquerda no Congresso, aqui de Jujuy e juntos de Nicolás del Caño, Myriam Bregman e Romina del Pla. Um bloco que defenda os direitos do povo trabalhador e fortaleça cada uma das lutas que virão diante de um país que marcha novamente em direção ao inferno do FMI”.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias