Política

Barragens

Agência Nacional de Águas aponta cerca de 150 barragens com risco estrutural no Brasil

Entre as barragens está a do Grande Lago, em Lindóia, SP.

terça-feira 1º de setembro| Edição do dia

A Agência Nacional de Águas (ANA) relatou cerca de 150 barragens no Brasil com algum problema. Entre elas, está a barragem do Grande Lago, em Lindóia, São Paulo.
Segundo o relatório da ANA, o local possui uma infiltração que pode comprometer gravemente a estrutura da barragem e causar sérios problemas aos moradores do bairro. Atualmente, a barragem pertence à prefeitura de Lindóia, que é governada por Gilberto Helou, do PSDB. Segundo a Defesa Civil, não existe plano algum de contingência.

Mesmo após os casos de Mariana e Brumadinho nada foi feito nessas 150 barragens que seguem prometendo, uma hora ou outra, acabar com mais vidas. Não é de se espantar que a atual gestão da prefeitura, que está nas mãos da PSDB, nada tenha feito. Com histórico de privatizações e políticas entreguistas, o partido tem governado em todos os locais de atuação para os empresários. A barragem, que serve ao Grande Lago, tem papel do maior empreendimento turístico da cidade, sendo visitada por diversas pessoas todos os anos.

Basta de falta de responsabilidade com as vidas de pessoas como das mais de 259 vítimas de Brumadinho, que morreram nas mãos da Vale assassina e que até hoje não pagou pelo crime cometido. É urgente a revisão e solução dos problemas da barragem do Grande Lago, tal qual de todas as outras 150 barragens que colocam centenas de pessoas em risco todos os dias.




Tópicos relacionados

Brumadinho    /    PSDB   /    Tragédia Mariana   /    Política

Comentários

Comentar