Sociedade

CORONAVÍRUS

Absurdo: menina de 3 anos morre por covid durante a volta irracional das aulas

Em Santos, litoral paulista, morreu Alice, 3 anos, por complicações decorrentes do covid-19. Depois de vários dias internada ela não resistiu

quinta-feira 10 de junho| Edição do dia

Foto: Luigi Bongiovanni/A Tribuna de Santos

Alice que tinha apenas 3 anos morre hoje por complicações por Covid-19, depois de passar vários dias internada na UTI do Hospital Ana Costa, em Santos, no litoral de São Paulo.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Santos (Sindserv) denuncia que a morte de Alice demonstra a impossibilidade da volta das aulas presenciais. A volta das atividades escolares presencialmente é feita de maneira irracional, levando a crianças terem que enfrentar o risco de contaminação e levar para seus familiares.

Veja mais: PL que torna a educação serviço essencial na pandemia vai ser votada hoje (10) no Senado

Já a Secretaria de Educação do município (Seduc) joga a culpa nos pais que teriam tido a doença anteriormente, mas não leva em consideração que mesmo assim se caracteriza em risco a comunidade escolar as voltas às aulas presenciais. Onde os nem os profissionais de ensino estão devidamente vacinas, as crianças são relegadas as sortes.

Veja também:Prof. Grazi sobre greve da educação em SP: "nossa luta mostrou força, apesar da burocracia"

O caso é uma marca do negacionismo de Bolsonaro e a demagogia de opositores como Doria, que governa o Estado de São Paulo, que em uma doença que começou afetando principalmente idosos e pessoas com comorbidades há mais de um ano tenha matado mais 450 mil pessoas no brasil e entre elas crianças de 3 anos.

Veja mais: Justiça valida posição autoritária e antissindical de Doria contra professores da rede estadual paulista




Tópicos relacionados

São Paulo   /    BolsonaroGenocida   /    Retorno inseguro das aulas presenciais    /    Retorno presencial de aulas   /    Negacionismo   /    João Doria   /    Educação   /    Sociedade   /    Educação

Comentários

Comentar