×

Por reajuste digno | A luta continua: Jornalistas de São Paulo aprovam nova paralisação na próxima terça-feira

Categoria aprovou uma nova e mais longa paralisação, após as empresas não apresentarem contraproposta

quinta-feira 18 de novembro | Edição do dia

IMAGEM: Eduardo Viné / SJSP

Cerca de 200 jornalistas que trabalham em jornais e revistas em São Paulo se reuniram em assembleia na última quarta-feira (17) e aprovaram uma nova paralisação da categoria de quatro horas para a próxima terça-feira (23), frente a não apresentação de nenhuma contrapartida por parte do Sindjore, que representa as patronais envolvidas.

Saiba Mais: Isso a Globo não mostra: jornalistas de São Paulo vão parar no dia 10 de novembro

Este processo se iniciou depois de 5 meses de negociação com a patronal sem acordos, culminando com uma paralisação no dia 10 de novembro por duas horas, envolvendo centenas de jornalistas de diversos veículos da cidade como Folha, Estadão e Abril.

Diante disso, a categoria reivindicava sobretudo um reajuste salaria digno, na marca de 5%, a partir de 1º de junho de 2021 e de 3,9%, a partir de 1º de novembro de 2021. Além disso, a proposta aprovada pela categoria quando aprovou a paralisação na primeira vez também defendia a manutenção da multa da PLR, com reajuste de 8,9% referente à inflação.

Com isso, a paralisação estará marcada para o dia 23 de novembro, das 14h as 18h, e desde o Esquerda Diário seguimos nos solidarizando à greve e também nos colocando à disposição para cobri-la a partir dos nossos meios.

Leia Também: Força da greve na Igreja/TV Mundial pressiona justiça a exigir da instituição o pagamento dos direitos




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias