Internacional

ESTADOS UNIDOS

A Polícia que libertou o Capitólio é a mesma que reprime o Black Lives Matter

Uma comparação entre os protestos do BLM e os protestos da extrema direita Trumpista na quarta-feira.

sexta-feira 8 de janeiro| Edição do dia

Nesta quarta-feira, um grande protesto de extrema direita liderado por apoiadores de Trump, que negam os resultados das últimas eleições, tomou as ruas de Washington. Não demorou muito para que os manifestantes rompessem a mísera defesa que cercava o Congresso dos Estados Unidos, quando membros do Parlamento ratificavam a recontagem eleitoral final. Enquanto a polícia se afastava, permitindo a entrada dos manifestantes, eles invadiram o Congresso, forçando seus membros a se esconderem.

Este episódio é uma consequência clara da pressão de Donald Trump e da crescente organização da extrema direita americana. Isso mostra claramente que a polícia, que se afastou e deixou o assalto acontecer, está do lado da extrema direita. Também mostra o forte contraste entre a forma como os manifestantes brancos de direita são tratados, em comparação com a forma como os manifestantes contra a violência policial racista, que foram atingidos com gás lacrimogêneo simplesmente por andar na rua. Mas, acima de tudo, o que aconteceu hoje mostra como o trumpismo e a extrema direita não podem ser combatidos nas urnas, mas apenas nas ruas.

A seguir colocamos imagens de como os manifestantes de extrema direita foram tratados pela polícia hoje, em comparação com como eram os manifestantes contra o racismo alguns meses atrás. Estas imagens podem ser difíceis de ver e digerir, mas decidimos mostrá-las para destacar que a polícia está do lado da extrema direita e também para reforçar a necessidade de se organizar contra ela.

Protestantes de extrema direita no Capitólio hoje:

Protestantes gesticulam para a polícia do Capitólio no corredor da câmara do Senado no Capitólio em Washington, quarta-feira, 6 de janeiro de 2021.


Perto do Relógio de Ohio (AP Photo / Manuel Balce Ceneta)

A polícia reprime manifestantes pacíficos perto da Casa Branca durante o protesto BLM em 1 de junho.


Foto de Joshua Roberts/Getty Images

Manifestantes de extrema direita com bandeiras confederadas no edifício do Capitólio:

Gás lacrimogêneo da polícia contra manifestantes pacíficos em junho:


POR JOSE LUIS MAGANA/AFP/GETTY IMAGES

Apoiadores de extrema direita de Trump fora do edifício do Capitólio hoje, avançando sem qualquer resistência da polícia.


Bill Clark / CQ-Roll Call, Inc via Getty Image

A polícia prendeu violentamente um manifestante pacífico no D.C. em junho:

Policiais da Área Metropolitana de Washington prendem um homem enquanto desocupam a área ao redor do BLM perto da Casa Branca, 23 de junho.


REUTERS/Leah Millis




Tópicos relacionados

Congresso Estadunidense   /    Protestos   /    #BlackLivesMatter   /    Donald Trump   /    Internacional

Comentários

Comentar