Gênero e sexualidade

RELATO DE UMA SECUNDARISTA

8 de março: Um dia memorável, para ser sempre lembrado

Não é de hoje que vemos nossos direitos serem esquecidos, pisoteados e massacrados pelo governo, e a burguesia. Somos assediadas, oprimidas, violentadas, exploradas e principalmente, vitimizadas.

quarta-feira 9 de março de 2016| Edição do dia

Ano a ano, nos tornamos cada vez mais um número maior nas taxas de violência, mortalidade e terceirização, já está claro o quanto estamos morrendo pouco a pouco.

Não falta notícia de agressão contra a mulher, do namorado, parceiro, marido e pai. Mortes de meninas estupradas e esfaqueadas. Varias mulheres, ou meninas pobres e negras, que morrem por aborto inseguro e ilegal.

Todos os dias sofremos com ofensas machistas, dizendo que somos submissas, fracas e frágeis, nos rotulam a todo tempo; puta, vadia e biscate.
São anos incansáveis de dor e sofrimento, mas eis a solução, vamos nos movimentar, vamos lutar sem cessar!

Desde o começo do século XX, mulheres vão as ruas lutar por igualdade, justiça e respeito, ganhamos o direito do voto, salários iguais, diferentes áreas para trabalho, e assim vamos ganhando espaço.

Juntas podemos ser mais, juntas somos fortes e indestrutíveis. Mulheres estão a frente de várias vitórias, e continuaremos até termos igualdade de gênero.
Nesse 8 de março, vamos nos lembrar que somos de luta, logo, merecemos vários presentes: aborto legal, seguro e gratuito, poder vestir o que quisermos sem assédio, poder andar nas ruas sem medo, salários igualitários, merecemos voz! Nós somos a voz da revolução, e juntas mudaremos o mundo!




Tópicos relacionados

8/03   /    Mulher   /    Violência contra a Mulher   /    Gênero e sexualidade   /    Juventude

Comentários

Comentar