×

Todo apoio! | 250 trabalhadores rodoviários da Veleiro seguem em greve por salários e direitos em Maceió

Rodoviários que trabalham em Maceió seguem no dia de hoje (14) a greve que começaram na sexta (10) por salários e direitos atrasados. A empresa Veleiro não quer negociar os salários atrasados, além de não pagar o FGTS há 7 anos.

terça-feira 14 de setembro | Edição do dia

Atrasos de até 3 meses no vale-alimentação, no 13º e nos salários, assim como os depósitos do FGTS há 7 anos sem ser pago são as razões que levaram os rodoviários de Maceió a entrarem em greve. Não bastasse serem linha de frente para levar os moradores da cidade de uma ponta a outra em meio à pandemia, colocando as próprias vidas em risco assim como a de suas famílias, os trabalhadores se deparam com salários atrasados para pagarem contas e saciar a fome, essas não esperam.

Ao todo são 12 linhas paradas que a prefeitura está tentando cobrir, ao invés de garantir o pagamento e os direitos dos trabalhadores em greve. Todo apoio à justa greve!




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias