www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Jueves 3 de Diciembre de 2020
17:48 hs.

Twitter Faceboock
ALIANÇA DO PT COM A DIREITA
PT coligado com PSL em 140 cidades: na contramão de qualquer combate à direita golpista
André Barbieri
São Paulo | @AcierAndy

As alianças do PT com bolsonaristas e golpistas mostram que esse partido está na contramão de qualquer combate à direita.

Ver online

O PT discursa nas eleições municipais de 2020 dizendo que não há nada mais importante do que enfrentar a extrema direita. Mas deve-se julgar um partido "não pelos olhos, e sim pelas mãos", como sugeria Maquiavel. E a verdade é que, segundo dados extraídos do próprio Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o PT realiza coligações com o PSL (partido que levou Bolsonaro à presidência) em 140 municípios.

Os dados do TSE registram que, além das inúmeras alianças com o PSL, o PT participa das eleições em 302 cidades junto ao DEM de Rodrigo Maia; em 333 cidades com o PP de Maluf e Arthur Lira; em 314 cidades com o PSDB de João Dória; em 606 cidades com o MDB de Michel Temer; em 193 cidades com o PSC de Wilson Witzel; e em 48 cidades com o PRTB de Hamilton Mourão. Isso para ficar em apenas alguns exemplos. Todos os partidos burgueses golpistas, que são base do governo Bolsonaro, e o próprio ex-partido de Bolsonaro, tem o PT como aliado em dezenas ou centenas de cidades. Uma maneira atípica de “enfrentar” a extrema direita: usar o mesmo método petista que abriu caminho ao golpe institucional de 2016.

Com o PSL, o PT se encontra coligado em 21 Estados, sendo eles: Alagoas (1), Amazonas (4), Bahia (2), Ceará (7), Espírito Santo (2), Goiás (10), Maranhão (11), Minas Gerais (21), Mato Grosso (2), Mato Grosso do Sul (3), Pará (5), Paraíba (2), Pernambuco (15), Paraná (19), Rio de Janeiro (5), Rio Grande do Norte (1), Rio Grande do Sul (4), Santa Catarina (13), Sergipe (1), São Paulo (10) e Tocantins (2). Os Estados em que o PT mais tem alianças eleitorais com os bolsonaristas do PSL são Minas Gerais e Paraná: nos dois Estados, o PT traz seu aliado indigesto em 21 municípios.

Citamos alguns exemplos de aliança, com atas registradas no TSE e disponíveis ao amplo público. No Estado de Alagoas, o PT está coligado com o PSL na cidade de Palmeira dos Índios (ver ata). No Estado do Amazonas, o PT se coliga com o PSL nos municípios de Maués, Urucará, Urucurituba, Envira. No Estado do Ceará, em que o PT governa com Camilo Santana, o PT se encontra junto ao PSL nos municípios de São Benedito, Horizonte, Trairi, Irauçuba, Missão Velha, Granja e Ocara. Também na região Nordeste, no Estado da Bahia (governado pelo petista Rui Costa), o PT faz alianças com o PSL nos municípios de Santo Antônio de Jesus e Cocos.

Se tomamos na região Centro-Oeste apenas o Estado de Goiás, o PT se encontra coligado com o PSL em nada menos que 10 municípios, mencionamos 8 delas (anexamos em cada cidade a ata eleitoral da coligação): Aparecida de Goiania, Bela Vista de Goiás, Vila Boa, Corumbaíba, Mineiros, Iaciara, Santa Rosa de Goiás e Niquelândia. Outras cidades goianas com essa coligação são Luziânia e Trindade. Isso num Estado em que a direita bolsonarista comanda junto ao agronegócio a destruição do Pantanal e da Floresta Amazônica para a ampliação da fronteira agropecuária.


Os pontos representam as cidades em que o PT está coligado com o PSL

Na região Sudeste, no Estado de São Paulo, vemos o PT coligado com o PSL em Sumaré, Cordeirópolis, Itapevi, Francisco Morato, Pederneiras e Ilha Solteira. Taquarivaí, Palmital, Bom Sucesso de Itararé e Itaoca são as outras cidades de SP com essa coligação. No Espírito Santo, o PT se encontra com o PSL nos municípios de Atílio Vivacqua e Boa Esperança.

Esses são apenas algumas mostras do que é capaz a conciliação de classes petista. Em diversas dessas cidades, o PT se encontra não apenas com o PSL, mas com um rol de partidos golpistas. Basta um exemplo ilustrativo: em Upanema, município no interior do Rio Grande do Norte, Estado governado pela petista Fátima Bezerra, o PT se encontra coligado nessas eleições com o PSL, o DEM, o PSDB, o Cidadania, o PTC, o PTB, o PL, o PSC, o PROS. Uma turma de partidos que dificilmente pode aparecer como antídoto à extrema direita.

É evidente que a conciliação de classes do PT vai na contramão de qualquer enfrentamento com o bolsonarismo e o regime golpista. As alianças do PT com a direita foram a regra durante os governos Lula e Dilma. Ambos encabeçaram o PT na administração do capitalismo brasileiro, por 13 anos no governo federal, aplicando ajustes quando havia crise econômica, como no começo do governo Lula e no segundo mandato da Dilma. O PT governou promovendo o latifúndio, o agronegócio, o aparato repressivo e as Igrejas Evangélicas, hoje sustentáculos da extrema direita. Lula ocupou o Haiti sob liderança do General Heleno e outros generais que estão no governo Bolsonaro, aplicou diversas GLO (Garantia da Lei e da Ordem), fez as UPPs no RJ, fortaleceu o judiciário, as polícias e triplicou o número de presos no Brasil. O PT não opôs nenhuma resistência séria ao golpe e seus ajustes, apesar do peso que possui nas principais organizações de massas do país, como a CUT e a CTB (dirigida pelo PCdoB). Desmoralizou os trabalhadores, e onde governa, como no Ceará, Piauí, Bahia e Rio Grande do Norte, aplicou a reforma da previdência junto com a direita.

Hoje, estas coligações estão a serviço do projeto do PT: integrar-se ao regime do golpe institucional para administrar sua obra econômica de ataques sociais e trabalhistas. Em função disso, parece que para o PT o golpe institucional nunca ocorreu, e calam a boca inclusive diante do exorbitante autoritarismo judiciário, em que o STF e a diversas instâncias do Judiciário decidem em quem a população pode ou não votar, como fez em 2018 ao retirar Lula autoritariamente do pleito, e abrir caminho ao triunfo do Bolsonaro. É impossível enfrentar a direita bolsonarista sem atacar o regime golpista de conjunto, com o STF, o Congresso Nacional, os militares e os governadores. Não são eles, e sim a população a que deve decidir sobre todos os assuntos nacionais.

Para derrotar Bolsonaro, Mourão e os golpistas a esquerda não pode repetir a conciliação do PT. Deve superar o PT, pela esquerda. Por isso esse Esquerda Diario considera que as eleições devem servir para preparar uma posição de independência de classe dos trabalhadores a nível nacional, já que nenhum problema municipal pode ser resolvido sem um grande combate ao governo federal. Defendemos uma Assembleia Constituinte Livre e Soberana, em que todos poderíamos nos candidatar, e todos elegeríamos livremente nossos representantes, permitindo que a população decida os rumos do país. Nela, se abriria um grande debate nacional, no qual batalharíamos pela anulação de todas as reformas de Bolsonaro e Temer, pelo não pagamento da dívida pública e a abolição da Lei de Responsabilidade Fiscal que seqüestra o orçamento público em função dos banqueiros, e para impor medidas que coloquem a estrutura econômica e social a serviço das necessidades das maiorias trabalhadoras.

Essa saída, para nós, está intimamente vinculada à batalha por um governo dos trabalhadores, de ruptura com o capitalismo, no calor dos choques entre os interesses fundamentais das classes em disputa, que revelaria a necessidade de organizar nossa própria força material para fazer com que os capitalistas paguem pela crise.

***
Veja o nome de todas as cidades em que o PT se encontra coligado com o PSL, com dados registrados no TSE:

PALMEIRA DOS ÍNDIOS, MAUÉS, URUCARÁ, URUCURITUBA, ENVIRA, SANTO, ANTÔNIO DE JESUS, COCOS, SÃO BENEDITO, HORIZONTE, TRAIRI, IRAUÇUBA,, MISSÃO VELHA, GRANJA, OCARA, ATÍLIO VIVÁCQUA, BOA ESPERANÇA, APARECIDA DE GOIÂNIA, BELA VISTA DE GOIÁS, VILA BOA, CORUMBAÍBA, MINEIROS, IACIARA, SANTA ROSA DE GOIÁS, LUZIÂNIA, NIQUELÂNDIA, TRINDADE, SÃO PEDRO DOS CRENTES, GRAJAÚ, SÃO JOÃO DO CARÚ, PINHEIRO, TUTÓIA, COLINAS, SÃO JOÃO DOS PATOS, SERRANO DO MARANHÃO, TIMON, OLINDA NOVA DO MARANHÃO, ARAIOSES, PIEDADE DOS GERAIS, JOÃO PINHEIRO, ITABIRITO, IJACI, NOVA ERA, CONCEIÇÃO DA APARECIDA, PESCADOR, EXTREMA, SÃO PEDRO DOS FERROS, SÃO JOÃO NEPOMUCENO, SANTANA DO DESERTO, PINTÓPOLIS, POCRANE, VARGEM ALEGRE, MERCÊS, BOM REPOUSO, SANTA RITA DO ITUETO, CAPITÓLIO, SANTA JULIANA, CORINTO, SÃO JOÃO DA LAGOA, MIRANDA, SONORA, COSTA RICA, NOVA GUARITA, NOVA OLÍMPIA, BARCARENA, OURILÂNDIA DO NORTE, MARITUBA, ITAITUBA, GOIANÉSIA DO PARÁ, CACIMBA DE DENTRO, LAGOA SECA, PAULISTA, LAGOA GRANDE, FEIRA NOVA, EXU, IPOJUCA, LAGOA DE ITAENGA, BEZERROS, PALMARES, OURICURI, SANTA CRUZ, RIBEIRÃO, TRINDADE, NAZARÉ DA MATA, AGRESTINA, PETROLÂNDIA, CAMPO BONITO, VERÊ, NOVA PRATA DO IGUAÇU, TERRA BOA, BELA VISTA DA CAROBA, AMPÉRE, SANTO ANTÔNIO DO SUDOESTE, GUARANIAÇU, LARANJEIRAS DO SUL, TERRA RICA, MOREIRA SALES, CLEVELÂNDIA, ASTORGA, SANTANA DO ITARARÉ, ABATIÁ, JAPURÁ, NOVA CANTU, XAMBRÊ, TERRA BOA, PINHAL DE SÃO BENTO, CONCEIÇÃO DE MACABU, BELFORD ROXO, SÃO JOÃO DA BARRA, JAPERI, JAPERI, UPANEMA, NOVA ARAÇÁ, ROLANTE, ARROIO DO MEIO, IMBÉ, SÃO JOSÉ DO CEDRO, ARARANGUÁ, CAMPOS NOVOS, SALTO VELOSO, CAMPOS NOVOS, PINHEIRO PRETO, MAREMA, TIMBÓ GRANDE, RIO DO OESTE, POUSO REDONDO, PRAIA GRANDE, CAMPOS NOVOS, RIO DO CAMPO, MACIEIRA, IRACEMINHA, SÃO CRISTÓVÃO, SUMARÉ, CORDEIRÓPOLIS, ITAPEVI, FRANCISCO MORATO, PEDERNEIRAS, ILHA, SOLTEIRA, TAQUARIVAÍ, PALMITAL, BOM SUCESSO DE ITARARÉ, ITAOCA, GURUPI, CONCEIÇÃO DO TOCANTINS

Siga André Barbieri no Twitter

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
[email protected]
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui