www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Miércoles 20 de Noviembre de 2019
23:27 hs.

Twitter Faceboock
TRAGÉDIA EM MINAS GERAIS
Pimentel dá coletiva de imprensa na sede da Samarco
Esquerda Diário

Fernando Pimentel (PT) em coletiva de imprensa realizada em Mariana neste domingo, disse que o número de vítimas é alto e que a empresa está "cuidando do que é de responsabilidade dela."

Ver online

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), em Coletiva de Imprensa realizada dentro da empresa Samarco afirmou hoje o número oficial de 28 desaparecidos, sendo 13 operários e 15 moradores e que esse é um número de vítimas alto, e todo esforço do governo estadual e das prefeituras locais para atender a população está sendo realizado.

Pimentel disse também que " a barragem rompeu, é uma tragédia. Está sendo um esforço grande do governo do Estado e das prefeituras locais e a empresa está cuidando do que ela é responsável".

Questionado sobre as flexibilizações em relação ao licenciamento ambiental, o governador afirmou que não abre mão de exigências, mas sim em relação aos prazos, afirmando a necessidade de haver maior agilidade para aceitação e execução dos contratos das empresas. Ele afirmou "foi no projeto atual que rompeu as barragens, por isso, ele tem que ser revisto".

Segundo o governador “Não podemos apontar culpados, sem uma perícia técnica mais apurada”, colocando sua posição sobre a investigação das causas e dos responsáveis, uma vez que explode a indignação da população frente a falta de aviso sonoro da empresa, os avisos ignorados dos trabalhadores sobre ruídos e tremores nas barragens e o papel das grandes mineradoras da região, como a Vale.

Flavia, professora de Contagem e dirigente do MRT, direto da Coletiva de Imprensa disse “A coletiva de imprensa aconteceu na sede da Samarco. O Centro de Operações de busca e resgate fica dentro da empresa também, sem acesso da população, dos trabalhadores ou da imprensa. A gestão de uma tragédia imensa está sendo feita entre as quatro paredes da mineradora. Impossível não haver intromissão da empresa nas decisões do governo. Mostra apenas que o governo é responsável pelas mortes e danos junto às mineradoras.”

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui