www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Lunes 28 de Septiembre de 2020
05:29 hs.

Twitter Faceboock
POLÍTICA
Guedes ameaça privatizar os Correios: "Seguramente, não vou falar quando"
Redação
Ver online

Em entrevista a CNN, Paulo Guedes (Ministro da Economia do governo Bolsonaro) ameaça privatizar 4 grandes empresas estatais - e no centro da distribuição logística do país, a empresa dos Correios entra na mira do privatista.

Perguntado na entrevista se os Correios estariam na lista de privatizações, respondeu que sim. "Seguramente, não vou falar quando (será a privatização), mas seguramente", disse o ministro.

A empresa que vem funcionando mediante denúncias de negligência a saúde dos trabalhadores na pandemia do COVID-19 (deixando doentes trabalhando e mantendo a mesma carga horaria sem o fornecimento devido de EPI’s) agora já tem confirmada a sua intenção de privatização e seus funcionários agora não mais passam pelo risco de vida diário para manter o sustento, como também aglomeram o medo da demissão ao sentimento de descaso frente o anúncio do Ministro da economia.

Além dos Correios, já foram citadas por Guedes a privatização do Banco do Brasil, Eletrobras, Porto de Santos, o INSS e a Pré-Sal Petróleo S.A.(PPSA). Guedes prepara ataques em toda a linha enquanto a maioria do povo sore os efeitos da pandemia. Grandes empresas seguem tendo auxílio do estado enquanto milhões de trabalhadores são jogados ao desemprego, ou a condições precárias de trabalho como as que trabalhadores dos Correios estão enfrentando na pandemia.

Frente à mobilização dos entregadores de aplicativo, está colocado desde já um alerta para o governo Bolsonaro que recuou de reduzir o auxílio emergencial. No entanto ainda assim, a classe trabalhadora serve pagando com vidas, emprego ou com a redução da renda nesta pandemia, enquanto os bancos seguem lucrando. Frente à isto, é necessário lutar contra a privatização das estatais, e mais que isso pela estatização dos leitos e equipamentos de saúde privados, pela reconversão produtiva das empresas através do controle operário da produção, para que as empresas que estão reabrindo ou as que nem mesmo fecharam funcionem produzindo para combater a pandemia colocando vida acima do lucro de um punhado de capitalistas.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
[email protected]
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui