www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Jueves 26 de Marzo de 2020
11:03 hs.

Twitter Faceboock
CORONAVÍRUS
Mandetta se alinha a Bolsonaro e interesses patronais contra medidas para salvar vidas
Redação

O ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, que até então vinha sendo celebrado pela mídia burguesa como um resquício de sanidade em meio a loucura negacionista de Bolsonaro contra o vírus, corroborou em uma coletiva no dia de hoje os disparates do presidente no pronunciamento da noite anterior. Mandetta também relativizou as medidas de isolamento e quarentena imposta por governadores, priorizando assim como Bolsonaro a economia. O ministro deixa claro que assim como o presidente seu foco é preservar os lucros dos capitalistas ao invés da vida de milhões.

Ver online

Mandetta classificou como importante a fala do presidente, ao pedir que os governadores se preocupem com os efeitos econômicos da quarentena, o que chamou de "medidas assimétricas". Também falou da preocupação com a safra, num grande aceno ao agronegócio: “Nós temos safra para colher, uma safra daqui a pouco para plantar e sem alimento não adianta a gente fazer luta, porque quem está segurando a economia desse país é o agro”.

Segundo o chefe da pasta, alguns estados saíram de isolamento zero para "decretação de lockdown em paralelo, como se estivéssemos todos em franca epidemia", ao ponderar que a situação é diferente em cada unidade da federação. Sem individualizar Mandetta também dispara contra os governadores, expondo o jogo político por trás das estratégias de contenção, que com maior ou menor grau de restrição, tem como cálculo político a delimitação com a estratégia dos outros adversários na corrida eleitoral.

Enquanto tratou de fazer coro com o chefe Bolsonaro em torno da disputa com os governadores, Mandetta não deu uma palavra sobre questões fundamentais: a disponibilização de testes para todos e a criação de leitos de UTI. O exemplo concreto das diversas estratégias aplicadas pelos demais países mostra que o fundamental, mais do que os métodos de quarentena, são a realização massiva de testes para identificar os casos de pessoas sem sintomas, ou com grau leve. Sem isso a quarentena se reduz a uma ação no escuro.

Além dessa ação, fundamental para discriminar os casos e evitar a propagação da doença, é fundamental a criação de um vasto número de leitos de UTI, sem o qual nossa já precário sistema de saúde atacado por sucessivos cortes, como do Teto dos Gastos, irá entrar em colapso. Por isso que tanto a estratégia de Bolsonaro quanto a dos governadores são impotentes para conter a crise do coronavírus, porque se recusam a adotar as medidas de guerra necessária para mobilizar toda a produção em torno desses eixos: testagem massiva da população e criação de leitos da UTI.

Entretanto, nada dessas questões fundamentais entraram na declaração de Mandetta. O objetivo da coletiva foi claro, se posicionar como intermediário de Bolsonaro, cada vez mais isolado, e os governadores. Amanhã, representantes do Ministério da Saúde vão se reunir com secretários municipais e estaduais de Saúde para discutir sobre a continuidade de medidas de isolamento. Ao também relativizar a quarentena, mas sob uma outra perspectiva, da avaliação pontual de cada estado até a hora da decisão do “lockdown”, o ministro abriu uma medição para manter uma estreita ponte entre Bolsonaro e os governadores.

Mandetta se coloca como o intermediário de duas estratégias opostas, mas igualmente inofensivas para conter o coronavírus. Enquanto os políticos mantém o debate na questão da quarentena, medidas científicas que obtiveram algum sucesso em outros países são negligenciadas, mostrando que o foco desses representante burgueses não é salvar as vidas de milhões, mas ver quem chegará ao final da crise melhor posicionado. Não podemos permitir que nossas vidas sejam meros detalhes na contabilidade dos patrões ou no cálculo dos políticos. Uma solução consequente para a crise só virá da classe trabalhadora, tomando a produção em suas mãos e mobilizando todo ela em prol do objetivo de derrotar esse vírus.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui