www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Sábado 24 de Octubre de 2020
01:06 hs.

Twitter Faceboock
TELEMARKETING
Almaviva (Itu): operadora relata precarização e o descaso patronal frente o Covid-19
Redação

O Esquerda Diário vem denunciando a situação de uma categoria já muito precarizada que são os operadores de telemarketing. Uma trabalhadora de call center da Alma Viva enviou essa mensagem denunciando demissões em massa, precarização progressiva e descaso com a saúde dos trabalhadores.

Ver online

Não é por menos que os trabalhadores da Alma Viva vem se manifestando e fazendo protestos em todo país. Esta empresa tem demonstrado a cara mais nefasta do capitalismo, onde os lucros estão acima da vida de seus trabalhadores. Em São Paulo, os trabalhadores paralisaram exigindo condições elementares de higiene. Em Belo Horizonte a situação é muito parecida. Em Itu, aonde recebemos esta nova denúncia, avança a retirada de direitos, demissões em massa de 200 operadores, além do descaso diante do cenário de pandemia mantendo os operadores sem a distância recomendada e produtos de higienização.

"Venho através deste texto relatar a arbitrariedade que é o call center.
A antiga empresa Fidelity em Itu, atual Alma Viva, em 2016 efetuou acordo bilateral com o Sindicato para as reduções do vale alimentação e auxilio creche demonstrando um Sindicato patronal que negocia contra o trabalhador e não obstante em 2019, realizaram demissão em massa de 200 operadores chamados back office configurando desligamento em massa , esta medida foi tomada para contratar novos operadores desta função na unidade situada em São Paulo com custo menor .
Atualmente chegam ao meu conhecimento que até esta semana a mesma empresa não toma as devidas medidas contra o Coronavírus onde além de não oferecer quarentena, disponibilizaram somente água com sabão e rara vezes álcool gel onde é importante colocar que se tratam de 2 mil trabalhadores no mesmo local sem o recomendado 1 metro de distância. Até o momento as empresas de Sorocaba como Sorocred e Nova Quest estão oferecendo álcool gel e quarentena porém de forma mitigada ou seja , 30% ou 40% do quadro trabalhará Home Office sendo que no caso Sorocred há possibilidade da quarentena ser feita através de redução de salário como sugerido pelo governo Federal. Trabalho ha 6 anos em call center, recebemos um salário mínimo, pressão para metas e agora trabalhamos constantemente com o medo do contágio do Covid 19 onde a mídia e a sociedade não levam a sério nosso trabalho. Nós pedimos basta!"

Não é possível que a condição desses trabalhadores permaneça assim em meio a uma pandemia com avanço rápido dos infectados. A grande maioria desses trabalhadores utilizam o transporte público para chegar ao trabalho, se um for um portador assintomático do vírus todas as famílias estarão em risco. É preciso que os próprios trabalhadores se reúnam e debatam sobre suas condições e sobre que medidas tomar nos call centers diante do descaso dos patrões.

Porém, não basta exigir ficar em casa em isolamento, é preciso encontrar os próprios meios para que se produza e se distribua tudo o que for necessário para conter a pandemia. Se a burguesia não dá uma resposta porque o lucro está sempre e a qualquer preço à frente da vida, os trabalhadores tem em suas mãos a saída. No caso do telemarketing por exemplo, os call centers poderiam ser convertidos em centrais de informações para a população sobre como proceder para se prevenir do contágio. Metalúrgicas administradas pelos trabalhadores poderiam se converter em fábricas de respiradores, outros setores, se controlados pelos próprios trabalhadores, que não visam o lucro, poderiam produzir álcool gel, máscaras, luvas, testes suficientes para todos os que necessitem e muito mais.

O Esquerda Diário segue acompanhando e denunciando o descaso dos patrões com a vida dos trabalhadores e se coloca a disposição para ser um canal de difusão de denúncias e de organização dos trabalhadores para superar a crise criada pelo capitalismo.

* * * * * * * * *
CORONAVÍRUS: ENVIE SUA DENÚNCIA
Contato / WhatsApp / Signal / Telegram: +55 11 97750-9596
E-mail: [email protected]

Contribua com o Esquerda Diário!

Siga o Esquerda Diário nas redes sociais!
Youtube: Esquerda Diário
Instagram: @EsquerdaDiarioOficial
Twitter: @EsquerdaDiario
Facebook: Esquerda Diário

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
[email protected]
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui