www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Viernes 5 de Junio de 2020
22:19 hs.

Twitter Faceboock
CHUVAS EM SÃO PAULO
Alagamentos: Covas não usou nem metade da verba destinada à prevenção de enchentes
Redação

Dezenas de desabamentos, soterramentos e pontos de alagamentos, linhas de ônibus e trens travados, assim como diversas marginais alagadas. No ano passado 12 pessoas morreram e mais centenas ficaram desabrigadas. Porém, tanto Dória quanto Covas não utilizaram as verbas para obras de prevenção.

Ver online

Nesta segunda-feira, São Paulo amanheceu submersa no caos. São até agora 88 desabamentos, 132 pontos de alagamentos e diversas marginais como a Tietê e Pinheiros alagadas.

A cena se repete ano após ano. Em 2019, mais de 10 pessoas morreram nas enchentes de março. Na época, João Dória ainda prefeito tinha destinado as verbas de prevenção de enchentes de 2018 para a secretaria de privatizações. Ele também não gastou nem metade da verba prevista para prevenção de enchentes.

Agora mais uma vez estamos vendo o resultado da política privatista e neoliberal dos governos. Bruno Covas em 2019 tinha em caixa mais de 833 milhões de reais para aplicar em políticas de prevenção e manutenção e usou somente 46% desse valor.

São dezenas de projetos parados e milhões de reais gastos em medidas paliativas e que em nada evitam os desastres e sofrimento da população, cujo sentimento de revolta é predominante frente a uma situação de descaso dos governos tucanos que enriquece a iniciativa privada com recursos públicos enquanto suga a vida dos trabalhadores e da população pobre.

Não é acidente, o Estado é responsável. É urgente uma ação imediata para arcar com os danos e responder às necessidades dos moradores e da população afetada. É necessário nesse momento a garantia que nenhum trabalhador sofra desconto de salário, para que não corram risco ao sair de casa, e nem haja perseguição nos locais de trabalho ou sejam obrigados a terem que pagar as horas. E é necessário também a disponibilização dos prédios e espaços públicos para abrigar a população que mora em áreas de risco, ou pessoas que estão desabrigadas devido aos deslizamentos.

Veja aqui: São Paulo alagada: O caos na cidade mais rica do Brasil causado pela ganância capitalista

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
[email protected]
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui