www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Sábado 30 de Mayo de 2020
11:44 hs.

Twitter Faceboock
Primeiro atira, depois pergunta: PMs atiram a queima roupa no rosto de uma mulher no MT
Redação

Na ultima sexta-feira (17), dois policiais atiraram em uma mulher no município de Sorriso no Mato Grosso.

Ver online

Os registros feitos por uma câmera de segurança, mostram Elizangela Moraes, 44 anos, sentada em um banco com o namorado, quando dois militares viraram a esquina e efetuaram os disparos. Elizangela foi atingida no rosto e no pescoço, passou por cirurgia e seu estado é estável.

O namorado da vítima, Osvaldo Pereira Gomes Neto, em entrevista para o G1, declarou que não conheciam os policiais que chegaram atirando sem falar nada.

Os policiais militares estão em prisão preventiva. A Corregedoria Geral da Polícia Militar irá avaliar a permanência dos policiais na instituição.

É um absurdo que uma situação com essa seja naturalizada, mas diante do governo Bolsonaro a policia militar tem cada vez mais legitimidade para matar. Os casos aumentam a cada dia, onde primeiro se atira e depois se pergunta. O projeto de segurança publica do governo Bolsonaro, é na verdade carta branca para que a polícia a cada dia mais atue de forma arbitrária e assassine a população a seu bel prazer.

A ação da Corregedoria, pretende avaliar se os policiais permanecerão na instituição, mas sabemos muito bem que a polícia que investiga a polícia também age de forma de arbitrária e se articula para isentar na maioria das vezes policiais envolvidos em casos como esses. Como por exemplo a isenção dos policias que assassinaram 9 jovens em Paraisópolis.

Saiba mais:Delegado isenta Polícia Militar das 9 mortes em Paraisópolis defendendo a ação

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
[email protected]
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui