www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Martes 2 de Junio de 2020
17:07 hs.

Twitter Faceboock
ELEIÇÕES SINTUSP
Eleições SINTUSP: A Chapa 2 fez enorme campanha pela unidade do Sintusp
Movimento Nossa Classe
Ver online

Nesta quinta-feira se encerraram as eleições para o Sindicato dos Trabalhadores da USP. Com 1358 votos a Chapa 1 composta por Coletivo Piqueteiros e Lutadores, PSTU e Transição Socialista venceu, contra 616 votos para a Chapa 2 composta por independentes e militantes do Movimento Nossa Classe, totalizando 31,2% dos votantes (esses números são provisórios e devem ser ajustados quando a comissão eleitoral divulgar os resultados oficiais nos próximos dias, incluindo dados como os votos em trânsito).

A Chapa 2 construiu uma campanha militante, com dezenas de apoiadores, e mostrou com essa expressiva votação que nossa batalha pela unidade da categoria e por um sindicato mais democrático, amplo e representativo, através da proporcionalidade e da rotatividade dos liberados, e pela independência de classe do nosso sindicato frente ao avanço do golpismo e do autoritarismo judiciário tem uma força muito importante entre trabalhadores e trabalhadoras de praticamente todas as unidades da USP. Chamou atenção o resultado mais apertado no Butantã onde a Chapa 2 ficou com 42% dos votos.

Agradecemos a todos os nossos apoiadores, e agradecemos especialmente o apoio e confiança de cada um dos trabalhadores e trabalhadoras que votaram em nossa chapa e levaram a esses importantes resultados, e deram a maioria dos votos para a Chapa 2 em unidades como Prefeitura da Capital; Restaurante Central e Restaurante da Física; Faculdade de Odontologia; Faculdade de Arquitetura e Urbanismo; Escola de Educação Física e Esporte; Instituto de Oceanografia; Centro de Saúde Escola Butantã; Escola Politécnica; Instituto de Biologia; Instituto de Ciências Biomédicas; CINUSP, Orquestra e Coral; Superintendência de Espaço Físico; Faculdade de Economia e Administração; Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas; Faculdade de Fonoaudiologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional; Instituto de Energia e Ambiente; e empataram as votações na Superintendência de Assistência Social, no Instituto de Geociências e na Administração Central da USP.

Destacamos a eleição no Hospital Universitário, com uma campanha da Chapa 2 que teve à frente a força das mulheres trabalhadoras, onde obtivemos 37,44% da votação. Em toda a Capital a Chapa 2 teve 39% dos votos, em eleições que mostraram um fortalecimento das nossas ideias e propostas também no interior em unidades históricas onde uma parcela importante optou pela Chapa 2, como em São Carlos e Lorena, e também Bauru.

O Movimento Nossa Classe veio ocupando 13,88% da gestão que está se encerrando da Diretoria do Sindicato, o que essa votação expressa que já não corresponde ao alcance das nossas ideias. Uma gestão proporcional significaria mais que o dobro dessa proporção para representar os mais de 600 trabalhadores que votaram nessas ideias. Acreditamos que os resultados das eleições reafirmam a necessidade de unir a categoria para enfrentar todos os ataques de Bolsonaro, Doria e dos golpistas. E foi categórico o enorme apoio, mesmo entre companheiros votantes da Chapa 1, para a proporcionalidade na Diretoria do Sindicato. Por isso lançaremos uma ampla campanha para que os trabalhadores da USP possam ter representados na Diretoria do Sintusp nas próximas eleições todos os lutadores e expressar todas as forças políticas da sua categoria, não deixando de fora a posição de por exemplo 1/3 da categoria de trabalhadores da USP que votou na Chapa 2 como ocorreu nessas eleições.

Chamamos os companheiros da Chapa 1 a rever sua posição e apoiar a proporcionalidade, assim como a rotatividade combatendo todos os traços burocráticos e de centralização na Diretoria do Sintusp. Ao mesmo tempo em que lutamos para que nosso sindicato seja mais representativo, e tenha uma orientação que não o leve ao isolamento, seguiremos também com todas as nossas buscando ampliar a filiação ao nosso sindicato, para fortalecê-lo, pois o espaço para o debate que encontramos no conjunto da categoria durante essa campanha mostra que é possível, além de vital, reverter o curso sustentado de perda de filiados de nosso sindicato. Chamamos os companheiros da chapa eleita para a próxima diretoria a tomar essa questão com a importância que ela tem, e se somar a esses esforços em uma forte campanha unificada.

Nos manteremos com uma enorme força militante nas lutas da categoria, e também com uma forte bancada no Conselho Diretor de Base do Sintusp.

Agradecemos novamente a cada um dos quase 650 trabalhadores e trabalhadoras que votaram em nossa chapa e chamamos os trabalhadores a se unificarem para defender o Sintusp!

Viva a luta dos trabalhadores da USP!

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
[email protected]
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui