www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Domingo 26 de Mayo de 2019
05:10 hs.

Twitter Faceboock
UFF
Terceirizados da UFF votam em assembléia indicativo de greve devido ao atraso dos salários
Redação

Em assembleia realizada essa manhã no campus Gragoatá os trabalhadores terceirizados da companhia Luso Brasileira que prestam serviços gerais para a Universidade Federal Fluminense votaram um indicativo de greve, por conta do atraso do salário referente ao mês de março que ainda não foi pago.

Ver online

Em assembleia realizada essa manhã no campus Gragoatá os trabalhadores terceirizados da companhia Luso Brasileira que prestam serviços gerais para a Universidade Federal Fluminense votaram um indicativo de greve, por conta do atraso do salário referente ao mês de março que ainda não foi pago. Os trabalhadores relaram o recorrente atrasado dos salários, onde no último mês, apenas no dia 19 de março foi realizado o pagamento após dois meses de atraso. O pagamento deveria ter sido feito na última sexta-feira (05/04) e até então não foi realizado. Foi aprovado então, que se o salário não cair hoje ou até amanhã de manhã, será deflagrada a greve.

O trabalho terceirizado é historicamente mais precarizado, com atraso de pagamentos, demissões sem justa causa e menores salários. E por isso, defendemos a efetivação desses trabalhadores sem concursos, pois claramente eles encontram-se aptos a realizarem seus serviços, e assim, passam a ter relações de trabalho menos precarizadas.

Vale lembrar que essa realidade de sucateamento da Universidade e seus serviços é consequência direta do desmonte da educação pública em curso. O contínuo e grave corte de recursos que atravessam as Universidades públicas brasileiras, faz com que os trabalhadores terceirizados sejam os mais atingidos.

É necessário o apoio amplo dos estudantes e demais trabalhadores da Universidade a esse setor que recorrentemente vem sofrendo com atrasos dos seus salários. Nós da Juventude Faísca e do Esquerda Diário nos solidarizamos, apoiamos a luta dos trabalhadores terceirizados e estaremos ombro a ombro nas decisões que forem tomadas amanhã na assembleia às 7h no Gragoatá.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui