www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Jueves 19 de Septiembre de 2019
04:47 hs.

Twitter Faceboock
8 DE MARÇO
Joice Hasselmann representa os capitalistas, não as milhões de mulheres trabalhadoras que oprime
Redação

Joice Hasselmann nunca representará as mulheres. Nesse 8 de março temos que nos apoiar nas mobilizações, atos e greves que acontecem por todo o mundo, com jovens e trabalhadoras à frente, desafiando os patrões que querem que as mulheres continuem com suas duplas, triplas jornadas de trabalho enquanto acabam com os direitos trabalhistas e de aposentadoria.

Ver online

No 8 de março, dia internacional histórico de luta das mulheres, no qual milhares de trabalhadoras, jovens e mães se colocam contra a opressão machista, o patriarcado e o trabalho precarizado ao qual as mulheres são submetidas no capitalismo, Joice Hasselmann, deputada do PSL e ferrenha defensora de projetos reacionários como a Reforma da Previdência que vem para descarregar a crise nas costas do povo pobre, em especial das mulheres negras, teve o cinismo de publicar no Twitter que lutará pelas “nossas mulheres e nossa Nação”.

Joice, que está junto do misógino Bolsonaro e dos empresários escravistas, nunca estará do lado das mulheres: enquanto ela publica que lutará por nós, não vê a hora de aprovar uma reforma que vai fazer com que milhões de mulheres morramos trabalhando.

Joice, conhecida por ter sido uma grande defensora do golpe institucional que veio para aprofundar os ataques às mulheres, é também uma entusiasta da Operação Lava Jato, tendo inclusive lançado uma biografia sobre Sérgio Moro, na qual o chama de herói da população brasileira. Um "herói" que busca impor um pacote de medidas que dá carta branca para a polícia assassinar as mulheres e seus filhos, especialmente as negras e pobres das periferias.

Ela se define como “madrinha da Lava Jato”, “Bolsonaro de saias”, e deixa explícito que faz parte do setor mais reacionário do país, levantando as bandeiras mais conservadoras, herdeiras da ditadura militar.

A deputada evangélica defende o Escola sem partido, um verdadeiro ataque ao pensamento crítico que vem para impor uma só ideologia conservadora nas salas de aula, caminhando para uma escola cada vez mais imbricada com o ensino religioso. Hasselmann também afirmou que defende mais que Bolsonaro as privatizações: “Sou mais firme que Bolsonaro. Sou a favor de privatizar tudo. Absolutamente tudo”. As mesmas privatizações que pioram as condições de trabalho, em especial das mulheres, e geram demissões em massa.

Joice Hasselmann nunca representará as mulheres. Nesse 8 de março temos que nos apoiar nas mobilizações, atos e greves que acontecem por todo o mundo, com jovens e trabalhadoras à frente, desafiando os patrões que querem que as mulheres continuem com suas duplas, triplas jornadas de trabalho enquanto acabam com os direitos trabalhistas e de aposentadoria.

Em meio a isso, o PT, e as centrais sindicais ligadas a ele, como a CUT e a CTB (dirigida pelo PCdoB de Manuela D’Ávila), estão paralisados. Mesmo dirigindo milhões de trabalhadores através dos sindicatos, o PT separa conscientemente a luta das mulheres da luta da classe trabalhadora, não organizando os locais de trabalho para que o 8M seja uma demonstração de forças contundente das mulheres na linha de frente contra os ataques de Bolsonaro.

Derrotar Hasselmann não pode significar retornar ao projeto de país do PT, que rifou os direitos das mulheres, como o direito ao aborto, durante 13 anos. Isso porque seu projeto político é de administrar o capitalismo neoliberal em decadência, preservando as bases semicoloniais e dependentes do país, em confluência com as Igrejas e a direita que foi artífice do golpe institucional.

Somos milhares nas ruas contra o machismo e o capitalismo, e apenas levando em frente um feminismo socialista, sem confiança em reacionárias como Hasselmann nem em misóginos escravistas como Bolsonaro, poderemos triunfar.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui