MRT

CASA MARX

URGENTE: Lançamento da Casa Marx-RJ adiado, atividade por Marielle acontecerá na mesma hora

Convidamos para uma atividade no mesmo horário de debate sobre como seguir a luta nas ruas por Marielle! Amanhã, sábado dia 17, as 15h na Rua da Lapa 161.

sexta-feira 16 de março| Edição do dia

A Casa Marx, o Esquerda Diário, e os que estamos por trás dessas iniciativas, somos parte da comoção pelo assassinato bárbaro de Marielle, que despertou uma revolta que tomou as ruas. Desde o ocorrido, expressamos nossa solidariedade à família, amigos e aos companheiros e companheiras do PSOL. Buscamos com nossas forças contribuir para que essa luta possa avançar nos seus objetivos. Nossa luta também é por Anderson Gomes, mais uma vítima da decadência capitalista e deste país dominado pelos golpistas.

A Casa Marx veio para contribuir na luta dos trabalhadores, das mulheres, dos negros e negras e dos LGBT, fortalecendo uma esquerda marxista, socialista e dos trabalhadores no Rio e no país. Conversando com dezenas de pessoas que estão construindo conosco a Casa Marx, decidimos adiar o lançamento e fazer outra atividade, no mesmo horário, para debater como seguir aprofundando a luta por tomar as ruas, os locais de estudo e trabalho por Marielle.

Esperamos a compreensão de todas e todos. Pedimos desculpa por qualquer inconveniente e que estamos avisando só agora, mas esse assassinato brutal nos pegou a todos de surpresa e nosso dever em primeiro lugar era colocar nossos esforços para responder nas ruas.

Nesse sentido, não realizaremos mais uma mesa e saudações como estava programada com o tema anterior com companheiros e companheiras do PSOL e outros que viriam se somar ao lançamento da Casa. Adiamos para outro momento a vinda de Nicolás del Caño do PTS da Argentina e Pablito do MRT de São Paulo, bem como o lançamento do documentário dos garis “Não tem arrego”. E, como não poderia deixar de ser, como não estamos em clima de festa, cancelamos a roda de samba.

Chamamos a todos que estavam entusiasmados com o lançamento da Casa Marx, que para nós foi motivo de otimismo, a vir debater conosco essa luta e organizarmos juntos, num momento mais adequado, o lançamento da Casa Marx.

Nos vemos no mesmo horário, neste sábado, 15:00, numa atividade aberta da Casa Marx para debater como aprofundar a luta por Marielle, por uma comissão de investigação independente porque não podemos confiar que a polícia vai nos trazer a verdade e justiça, por Fora a intervenção federal e para derrotar os golpistas Temer, Pezão e Crivella..

Esse é o chamado do Movimento Revolucionário de Trabalhadores, que também gritamos: Marielle, presente!




Tópicos relacionados

Marielle Franco   /    Casa Marx   /    Crise no Rio de Janeiro   /    Golpe institucional   /    MRT   /    Marxismo

Comentários

Comentar