Política

MINAS GERAIS

Zema dá título de “cidadão honorário de MG” a Bolsonaro, enquanto oposição nas ruas cresce

Bajulando o presidente que é cada vez mais questionado nas ruas, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (NOVO), homenageou Jair Bolsonaro, o vice-presidente Hamilton Mourão e o ministro Sérgio Moro.

sexta-feira 31 de maio| Edição do dia

Foto: Reprodução/Facebook. 2018.

Em pleno 30M, com atos em defesa da educação por todo país – e um grande ato de dezenas de milhares em Belo Horizonte –, o governador de Minas Gerais resolveu “nadar contra a corrente” e homenagear o presidente e os principais membros do governo que só perde popularidade e se vê cada vez mais questionado nas ruas.

Segundo a publicação do Diário Oficial de Minas Gerais, as honras foram concedidas “em reconhecimento pelos relevantes serviços prestados”. Zema elegeu-se devido ao seu apoio à política bolsonarista.

Com a assinatura do decreto pelo governador hoje (31), os três tornaram-se cidadãos mineiros, enquanto seguem em silêncio, por exemplo, frente aos desastres causados pela Vale no estado.

Junto a Bolsonaro o plano de Zema é apoiar a aprovação da Reforma da Previdência para entregar bilhões da população aos banqueiros e fazer a população trabalhar até morrer, sem se aposentar. Também quer negociar o Regime de Recuperação Fiscal em base a privatizações, demissões e cortes nos salários dos funcionários públicos. A homenagem não vem à toa. É parte do plano de servir os grandes empresários e homenagear seus melhores serviçais.

Não é a primeira vez que se mostra a tentativa desta extrema direita em tapar sua insignificância e covardia com fetiche por honrarias, medalhas e títulos. Recentemente o próprio presidente deu a seus filhos Flávio e Eduardo Bolsonaro, a Moro e a diversos deputados do PSL (partido do presidente), Mourão e até a Olavo de Carvalho e Davi Alcolumbre (presidente do Senado) a medalha Rio Branco, do Itamaraty, concedido a personalidades “pelos seus serviços ou méritos excepcionais, se tenham tornado merecedoras dessa distinção”.

Ainda no mesmo mês o presidente agraciou seus filhos Eduardo e Flávio com a Ordem do Mérito Naval. A homenagem é entregue a personalidades civis e militares que tenham prestado serviços relevantes à Marinha.

Em abril foi a vez da primeira dama, Michelle Bolsonaro, receber a medalha Tiradentes e de Bolsonaro receber a medalha da Inconfidência, principal condecoração do estado de MG.

Vale ressaltar ainda que os filhos Bolsonaro por diversas vezes concederam e fizeram homenagens a milicianos a partir de seu mandatos no RJ. Embustes da direita que condecora criminosos que nos atacam para lavar-lhes a cara com “heroísmos”.




Tópicos relacionados

Romeu Zema   /    Governo Bolsonaro   /    Minas Gerais   /    Jair Bolsonaro   /    Política

Comentários

Comentar