Gênero e sexualidade

YouTube censura clipe de Clarice Falcão por conter nudez

Em menos de 24h depois da publicação, o clipe “Eu escolhi você” da cantora Clarice Falcão foi retirado do ar pelo youtube, porque continha cenas de nudez. Segundo a plataforma, o clipe “viola as políticas do site sobre nudez ou conteúdo sexual”.

quarta-feira 21 de dezembro de 2016| Edição do dia

No clip, que faz parte do álbum “Problema meu” da cantora, há imagens focadas do quadril para baixo, de pessoas mostrando e brincando com seus seus órgãos genitais ao som da música. Mas isso foi demais para o youtube, que permite diversos vídeos onde há objetificação e sexualização dos corpos de mulheres para indústria de cerveja, por exemplo, mas não permite um clipe que trata da nudez de forma natural.

Em seu Twitter, a cantora se pronunciou sobre o caso: “Gente, meu próximo clipe tem conteúdo considerado impróprio pela família brasileira. Sério mesmo. Onde eu posto? Como? E vou ser presa?” e depois disse “Se não for pra causar melhor nem lançar nada”.

Segundo suas diretrizes, o YouTube permite “nudez com intuito educativo, documental, científico ou artístico” e o clipe de Clarice Falcão não se encaixa em nenhuma dessas categorias e é difícil de ser aceito, segundo o site. Mas os milhares de vídeos machistas, lgbtofóbicos e racistas não são em nada questionados e retirados pelo YouTube ou pelo Google que controla o site e que já disse que não vai se pronunciar sobre o caso.

Nós do Esquerda Diário, somos contra essa censura absurda ao clipe e divulgamos abaixo o vídeo:

"Eu escolhi você" - Clarice Falcão

Clarice Falcão - Eu Escolhi Você from Thayze Lima on Vimeo.




Tópicos relacionados

Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar