Política

TEMER NOS EUA

“Vou adotar uma postura mais dura” diz Temer à TV nos EUA

A entrevista foi dada nesta segunda feira à emissora de TV Bloomberg

terça-feira 20 de setembro| Edição do dia

Na sua viagem aos EUA Michel Temer tem se esforçado para aparecer como um presidente que vai realizar a vontade dos “mercados” custe o que custar. Mais uma vez ele repetiu que não teme aplicar medidas impopulares.

Segundo ele, por não ter ambições políticas em 2018 ficará à vontade para lidar com questões “aparentemente impopulares”, como o controle dos gastos e a reforma da previdência. Numa clara mensagem aos empresários estadunidenses, afirmou “Agora que eu assumi a Presidência definitivamente, vou adotar uma postura mais dura na política e economia”.

Temer afirmou ainda que o Brasil ainda terá um "pequeno déficit fiscal" em 2018. "Vai demorar dois ou três anos para eliminarmos (o déficit)", afirmou o presidente.

Segundo Temer, a economia brasileira ainda continua em situação muito difícil. "Mesmo que melhoremos apenas um pouco no próximo ano, será um grande passo à frente," notou.




Tópicos relacionados

Golpe institucional   /    Governo Temer   /    Política

Comentários

Comentar