Educação

EDUCAÇÃO

Voltam as aulas, mas não a merenda

Nessa semana voltaram as aulas nas ETECs e escolas públicas do Estado de São Paulo e junto a ausência da merenda roubada.

Raíssa Gabriela Leite

Secundarista de Campinas

sexta-feira 5 de agosto| Edição do dia

A falta da merenda foi uma das causas da ocupação de ETECs ainda esse ano, onde os alunos reivindicavam um direito básico e mínimo de poder se alimentar. Nas escolas estaduais os estudantes também não querem ficar recebendo os kits secos que foram entregues a partir de maio, como bolacha, barra de cereal, bolinho e suco ou achocolatado no intervalo das aulas.

Apesar de não haver merenda, os alunos mesmo assim tentam arrumar algum dinheiro para comprar, levam comida de casa ou simplesmente passam fome. Porém, mesmo levando comida, os relatos demonstram a falta de estrutura das escolas que não permite que os alimentos sejam conservados, ou acabam sendo consumidos frio.

Após a ocupação das ETECs, os estudantes tinham a esperança de que na volta às aulas seus pedidos de direitos básicos fossem atendidos. E a pesar das promessas feitas, nada mudou. As promessas continuam sendo feitas pelas direções dessas instituições, tentando mascarar a verdadeira cara do governador tucano, ladrão de merenda e inimigo da educação.

O Centro Paulo Souza, da gestão Geraldo Alckmin (PSDB) e que foi ocupado esse ano, afirma que pelo menos 30 milhões estão sendo investidos para atender a demanda, mas, os alunos afirmam que nada tem chego até suas escolas. Apesar de não mostrar sua a cara, o maior responsável pela merenda desaparecida é o nosso querido e ladrão governador Geraldo Alckmin, que também é conhecido pelas suas mãos de tesoura, sendo responsável pelos cortes na educação e retiradas de direitos da juventude e trabalhadores.

Mas ainda assim os estudantes tem se unido cada vez mais para responder a esses ataques, na volta às aulas é preciso retomar com tudo a política nos grêmios, organizar debates, ações culturais e retomar o clima de mobilização em defesa da educação pública de qualidade para todos contra esse governo do time dos golpistas.




Tópicos relacionados

Máfia das Merendas   /    Alckmin   /    Educação

Comentários

Comentar