Internacional

INTERNACIONAL

Visita do presidente mexicano Peña Nieto é repudiada na Argentina

Nesta sexta-feira ocorreram diferentes mobilizações de repúdio à visita de Enrique Peña Nieto, o presidente do México, na Argentina.

sexta-feira 29 de julho| Edição do dia

1 / 3

A visita do mandatário mexicano tem como objetivo, centralmente, avançar em acordos comerciais bilateirais com o governo argentino que, por hora, não se concretizaram.

Nas primeiras horas do dia, residente mexicanos no país, reunidos em Assembleia de Mexicanos na Argentina, junto a organizações de direitos humanos, políticos e sociais, convocaram uma “escracho” na Plazza de Mayo, para repudiar a presença de Enrique Peña Nieto pelas acusações de violação dos direitos humanos cometidos no marco da política denominada “Guerra contra o Narcotráfico”, que pesan sobre seu governo.

O legislador de Buenos Aires do PTS/ Frente de Esquerda, Patricio del Corro esteve presente, assim como docentes do sindicato Ademys, para repudiar a recente repressão do governo mexicano aos professores daquele país, que estão enfrentando com greves e mobilizações, a reforma na educação implementada por Peña Nieto.




Tópicos relacionados

México   /    Internacional

Comentários

Comentar