ASSASSINATO DE VEREADORA DO PSOL COMOVE O RIO

Vigília por Marielle Franco reúne milhares no Rio de Janeiro

quinta-feira 15 de março| Edição do dia

(Foto: Marcos Serra Lima/G1)

O brutal assassinato de Marielle Franco, vereadora do PSOL, na noite dessa quarta-feira, 14, no bairro do Estácio no Rio de Janeiro, causou uma imensa comoção nacional. Na cidade do Rio, uma vigília teve início às portas da Câmara Municipal para homenageá-la.

Milhares de pessoas passaram pelo local. Pela manhã, um ato ecumênico reuniu representantes de diversas religiões e fizeram suas homenagens. Em seguida, representantes do PSOL, de sua secretaria de mulheres, parlamentares, e também representantes de movimentos sociais como o MTST e de organizações de esquerda fizeram falas repudiando o crime brutal e se solidarizando com a família, amigos e companheiros de Marielle.

As falas expressaram a imensa reprovação dos presentes à violência policial e à intervenção federal com o exército no Rio. A emoção era muito grande, com as pessoas ainda muitíssimo chocadas com o assassinato de Marielle e também do motorista do veículo, Anderson Pedro Gomes.

Desde às 11h da manhã, o número de presentes tem crescido constantemente. Por volta das 14:30 os corpos de Marielle e Anderson chegaram e serão velados por suas famílias e companheiros dentro da Câmara.

Está sendo convocada uma manifestação para às 17h na Alerj em repúdio ao crime e ao genocídio do povo negro. Em todo o país estão sendo convocadas manifestações semelhantes. Inúmeras universidades, como PUC, UFRJ, UniRio estão cancelando suas aulas e chamando alunos e professores para comparecer à manifestação.

Nos somamos ao luto e ao repúdio a esse brutal crime e convidamos todos a se somar às manifestações em todo o país.




Tópicos relacionados

Marielle Franco   /    Rio de Janeiro   /    PSOL   /    Rio de Janeiro

Comentários

Comentar