Política

ENCONTRO DE TRABALHADORES

Vem aí o Encontro: Abaixo as Reformas e Privatizações!

O Esquerda Diário está organizando, junto com o Movimento Revolucionário de Trabalhadores (MRT), Movimento Nossa Classe, Grupo de Mulheres Pão e Rosas e Juventude Faísca, um encontro de trabalhadores e jovens contra as reformas e as privatizações.

sexta-feira 1º de setembro| Edição do dia

A burguesia brasileira, através de um golpe institucional, colocou o governo de Temer para aprofundar os ataques aos trabalhadores que o PT já vinha fazendo, mas que para os patrões não eram suficientes. Com a crise política, esse governo agora gasta bilhões do dinheiro público para se manter no poder através da compra dos deputados. O judiciário tenta passar como uma força inquestionável e que com a Operação Lava-Jato estaria “limpando” a corrupção no país. Porém, essa é a mesma justiça que prende jovens negros como Rafael Braga (preso em 2013 por portar uma garrafa de “Pinho Sol”) enquanto livra a cara de diversos políticos e empresários corruptos. E o poder legislativo vai avançando em aprovar as reformas contra os trabalhadores.

Todos eles são uma casta de privilegiados, com salários altíssimos, que se julgam e se absolvem a si mesmos. Querem manter os seus privilégios e para isso querem fazer os trabalhadores e jovens pagarem pela crise que os patrões geraram.

Enquanto isso a vida dos trabalhadores e da juventude só piora. Vimos um aumento do custo de vida, com a alta do preço da gasolina e outros produtos, e uma precarização dos serviços de transporte, saúde e educação cada vez maior. O desemprego também aumenta a cada dia. Agora com a reforma da previdência querem nos fazer trabalhar até morrer. Aprovaram a lei que vai ampliar a terceirização e precarização do trabalho sem limites e querem vender o patrimônio nacional, com privatizações a preço de banana, para os mesmos empresários corruptos que financiam as campanhas eleitorais. Com a reforma trabalhista querem nos fazer trabalhar mais, em jornadas extenuantes, com salários rebaixados e menos direitos.

Essas reformas destroem a vida da juventude, que vai ficar cada vez mais sem perspectiva de um trabalho com salário e direitos dignos, além de perder completamente as esperanças de um dia se aposentar. As mulheres são parte dos setores mais atacados pelo conjunto das reformas, lembrando que a reforma trabalhista obriga até mesmo as mulheres grávidas e lactantes a trabalhar em locais insalubres. A terceirização, que tem rosto principalmente de mulher negra em nosso país, vai se aprofundar. E a precarização do trabalho terá um efeito devastador sobre a classe operária negra de conjunto, que ocupa os piores postos de trabalho com os salários mais rebaixados.

Mas nós podemos mudar essa situação. As greves gerais do dia 15 de março e principalmente do dia 28 de abril mostraram que a classe trabalhadora brasileira tem uma força descomunal. Conseguimos adiar temporariamente os planos da burguesia e seus políticos, mas a traição das centrais sindicais, que abandonaram a Greve Geral do dia 30 de junho, favoreceu a aprovação da reforma trabalhista. E essas greves foram apenas um pequeno passo, uma paralisação de 24 horas. Para derrotar todos esses planos, é necessário retomar o caminho da Greve Geral, mostrar a força da nossa classe e impor uma saída para que os capitalistas paguem pela crise.

Por isso que nós do Esquerda Diário estamos organizando, junto ao MRT, Movimento Nossa Classe, Grupo de Mulheres Pão e Rosas e Juventude Faísca, o encontro: Abaixo as reformas e privatizações! Queremos organizar trabalhadores e jovens para lutar por uma perspectiva de independência de classe, que possa retomar o caminho da Greve Geral em nosso país e pela força da luta impor uma Assembleia Constituinte Livre e Soberana para dar uma saída de fundo para a crise, que mude não somente os jogadores, mas as regras do jogo político.

Veja aqui o o evento do Encontro. Chame seus colegas de trabalho e estudo, seus amigos e familiares.




Tópicos relacionados

Pão e Rosas   /    Reforma da Previdência   /    Reforma Trabalhista   /    Esquerda Diário   /    Faísca - Juventude Revolucionária e Anticapitalista   /    Reforma Política   /    MRT   /    Política

Comentários

Comentar