Política

PRIVATIZAÇÃO DA CEDAE

Veja o nome de cada deputado que votou pela privatização da CEDAE para vender a água do Rio

Por 41 votos a favor e 28 contra foi aprovado nesta segunda (20) o projeto de Lei que privatiza a CEDAE (companhia de água e esgoto do Rio de Janeiro). Dos 23 partidos que estão à frente da Alerj, 11 votaram 100% a favor, 5 contra, e 7 não tiveram consenso. Veja a lista completa.

segunda-feira 20 de fevereiro de 2017| Edição do dia

Cercada pela polícia, a ALERJ aprovou a privatização da CEDAE, com o objetivo de entregar a nossa água e o saneamento básico para servir ao lucro de empresas capitalistas. Publicamos aqui a lista dos deputados que votaram à favor deste ataque à todos trabalhadores e ao povo pobre carioca.

11 partidos foram 100% favorável à venda da CEDAE na ALERJ: PHS, PMDB, PP, PPS, PROS, PSB, PSD, PSDC, PSL, PT do B e PTB, 5 partidos votaram contra: PC do B, PSC, PSDB, PSOL, Rede. 7 partidos se dividiream: o PT com 3 deputados contra e 1 a favor; DEM: 4 a favor, 2 contra e 1 ausente; PDT: 1 a favor e 5 contra; PR: 2 a favor e 1 contra; PRB: 3 a favor e 1 contra; PTN: 2 a favor e 1 contra; Solidariedade: 1 a favor e 1 contra).

O PSDB, histórico partido privatizador com FHC, mas também Doria, Alckmin e muitos outros, aproveitou a situação para fazer demagogia: votou contra para parecer que não tem nada a ver com o pacote de Pezão, mas seu ec candidato à prefeito no rio, o deputado estadual Osório, tem como objetivo a privatização por meio da Parceria Público Privada. Assim como eles, notórias figuras da direita também aproveitaram a situação fingir oposição, como o PSC de Bolsonaro, conhecido pelo seu ódio às mulheres, e negros e aos LGBT. Todos Uma demagogia já que todos estes partidos da direita elegeram Jorge Picciani para Chefe da ALERJ, para comandar o ataque de hoje, e por isso também são responsáveis por esta privatização!

Confira abaixo a lista completa dos deputados que votaram a privatização da CEDAE:]

À FAVOR:
Ana Paula Rechuan (PMDB)
André Ceciliano (PT)
André Corrêa (DEM)
Aramis Brito (PHS)
Átila Nunes (PMDB)
Benedito Alves (PRB)
Carlos Macedo (PRB)
Chiquinho da Mangueira (PTN)
Conte Bittencourt (PPS)
Coronel Jairo (PMDB)
Daniele Guerreiro (PMDB)
Dica (PTN)
Dionísio Lins (PP)
Doutor Gotardo (PSL)
Edson Albertasse (PMDB)
Fábio Silva (PMDB)
Fatinha (Solidariedade)
Marco Figueiredo (PROS)
Filipe Soares (DEM)
Geraldo Pudim (PMDB)
Gil Vianna (PSB)
Gustavo Tutuca (PMDB)
Iranildo Campos (PSD)
Jânio Mendes (PDT)
João Peixoto (PSDC)
Jorge Picciani (PMDB)
Marcelo Simão (PMDB)
Marcia Jeovani (DEM)
Marcos Abraão (PT do B)
Marcos Muller (PHS)
Marcus Vinicius (PTB)
Milton Rangel (DEM)
Nivaldo Mulin (PR)
Paulo Melo (PMDB)
Pedro Augusto (PMDB)
Rafael Picciani (PMDB)
Renato Cozzolino (PR)
Rosenverg Reis (PMDB)
Tia Ju (PRB)
Zé Luiz Anchite (PP)
Zito (PP)

CONTRA:

Bebeto (PDT)
Bruno Dauaire (PR)
Carlos Minc (sem partido)
Carlos Osório (PSDB)
Cidinha Campos (PDT)
Doutor Julianelli (Rede)
Eliomar Coelho (PSOL)
Enfermeira Rejane (PC do B)
Flávio Bolsonaro (PSC)
Flávio Serefini (PSOL)
Geraldo Moreira da Silva (PTN)
Gilberto Palmares (PT)
Jorge Felippe Neto (DEM)
Lucinha (PSDB)
Luiz Martins (PDT)
Luiz Paulo (PSDB)
Marcelo Freixo (PSOL)
Márcio Pacheco (PSC)
Martha Rocha (PDT)
Paulo Ramos (PSOL)
Samuel Malafaia (DEM)
Silas Bento (PSDB)
Tio Carlos (SDD)
Wagner Montes (PRB)
Waldeck Carneiro (PT)
Wanderson Nogueira (PSOL)
Zaqueu Teixeira (PDT)
Zeidan (PT)

O deputado Dr. Deotalto (DEM) foi o único a não comparecer à votação.

Leia também: Carolina Cacau: liberdade imediata aos 24 estudantes detidos pela polícia de Pezão!




Tópicos relacionados

CEDAE   /    Privatização   /    Rio de Janeiro   /    Política   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar