Educação

MARCELLA CAMPOS X DORIA

Vários meios de comunicação repercutem denúncia de Marcella Campos contra Doria

segunda-feira 14 de agosto| Edição do dia

Após a denúncia da Professora Marcella Campos, diretora do Sindicato dos Professores de São Paulo (APEOESP), do escandaloso racionamento da merenda escolar promovida pelo prefeito João Dória nas escolas municipais, o tema virou uma verdadeira guerra virtual nas redes sociais, e a matéria assinada pela professora chegou a mais de 100 mil curtidas.

Tamanha repercussão da denúncia, Doria se viu obrigado a responder, onde deu a absurda justificativa de que da a ordem de proibir crianças de comer em prol de um suposto "combate a obesidade infantil".

Veja também a repercussão da denúncia de Marcella Campos em diversos outros meios de comunicação:

Brasil 247 | Doria corta merenda e culpa obesidade infantil

Revista Fórum | Doria diz que cortou merenda nas escolas por conta da obesidade infantil

MTST | Doria diz que cortou merenda por conta da "obesidade infantil"

O Cafézinho | Doria corta merenda e diz ’combater obesidade’

Jornal GGN | Professores denunciam limite de merenda, Doria alega obesidade infantil

Nossa Política | Doria proíbe crianças de repetir merenda em creches e escolas

Searadio Não Toca | Doria corta merenda e culpa obesidade infantil

Política Aplicada | Doria proíbe crianças de repetir merenda nas creches e escolas

Pode te interessar: Além de merenda, Doria também quer crianças sem professores

Além dessa denúncia, a professora Marcella Campos já vinha denunciando fortemente a precarização da educação e já havia ganhado a atenção de outros meios de comunicação com a denúncia sobre o "Uberização dos professores":

Vio Mundo | Marcella Campos: Prefeitura tucana de Ribeirão tenta uberizar os professores

Ponto Crítico | Marcella Campos: Prefeitura tucana de Ribeirão tenta uberizar os professores

Contra Ponto | Doria diz que cortou merenda nas escolas por conta da "obesidade infantil"

Blog do Gilson Filho | Dória tenta desmentir, mas confirma denúncia sobre merenda controlada nas escolas.

Para organizar os professores em uma grande luta contra os ataques tanto de Doria quanto de Alckmin, Marcella Campos faz um importante chamado à professoras e professores a participar do Encontro de Professores em São Paulo, dia 19 de agosto, na Casa Socialista Karl Marx, em frente ao metrô Vila Madalena, às 15h.

Veja também: Por que ir ao Encontro de Professores no dia 19 de agosto?




Tópicos relacionados

Professores São Paulo   /    João Doria   /    Educação   /    Professores   /    São Paulo (capital)   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar