Política

BRUMADINHO

Vale não atende nenhum pedido mínimo dos moradores da região de Brumadinho (MG)

Moradores do bairro Parque da Cachoeira querem suas reivindicações atendidas.

quarta-feira 6 de fevereiro| Edição do dia

Imagem: Fabrício Lobel / Folhapress

Seguem as desavenças entre os moradores do bairro Parque da Cachoeira e a Vale. Até agora, depois da terceira reunião entre as partes, que aconteceu dia 5 de fevereiro, ainda não há a atenção da Vale às exigência colocadas pela população.

Entre as reivindicações, os moradores pedem pelo pagamento mensal de um salário mínimo para cada adulto, metade para cada adolescente e um quarto para cada criança. Mas os representantes da empresa rebatem a exigência dizendo não terem a relação do número de famílias e quantidade das pessoas que foram atingidas.

O Parque da Cachoeira foi um dos bairros mais atingidos com o rompimento da barragem da Vale, no dia 25 de janeiro na cidade de Brumadinho (MG), tendo pelo menos 50 casas destruídas e com lama ainda espalhada nos entornos do bairro. Os moradores da região seguem sem emprego por terem sido demitidos e perdido o seu comércio local, devido toda a destruição.

Os moradores levantam representantes que irão ter uma audiência com representantes do Ministério Público e da defensoria pública, para uma negociação extrajudicial. O que se tentará chegar será no acesso à parte do valor bloqueado da Vale, R$ 1 bilhão do total de R$11 bilhões já bloqueados, para o pagamento de gastos mais urgentes com a população de Brumadinho, vítima da negligência dos empresários e governantes.

É preciso que a população possa contar com o apoio operário organizado pelos sindicatos, organizações ambientais e universidades, do qual se lute pela re-estatização da Vale sob gestão dos trabalhadores e controle popular. Somente assim, crimes como estes, serão extintos exatamente por serem consequência da ganância por lucros cada vez maiores de capitalistas que se colocam acima da vida e bem estar da população.




Tópicos relacionados

Brumadinho    /    Vale    /    Política

Comentários

Comentar