Política

DENÚNCIA

[VÍDEO] Polícia atira com arma de fogo em manifestante em Brasília

quarta-feira 24 de maio| Edição do dia

O protesto em Brasília nesta quarta-feira, 24, foi marcado por forte repressão policial, incluindo não só a polícia militar, como a força nacional, e ao final, o exército a mando de Temer. Em imagens feitas pelo O GLOBO, policiais foram vistos utilizando armas de fogo e disparando vários tiros contra os manifestantes próximo a um dos prédios do ministérios.

Após irem de encontro com os manifestantes, que correm na direção oposta, disparam vários tiros para cima e especificamente direto para eles. Um dos policiais diz para recuarem, após disparar os tiros.

Os atos foram marcados por prisões, um manifestante baleado e outros feridos por estilhaços de bombas. A ação da PM foi composta por todos os aparatos repressivos, desde bombas jogadas de helicopteros, calavaria e até mesmo armas de fogo.
Temer não recuou na ideia de usar o exército para agredir e apavorar os trabalhadores e estudantes que protestavam em Brasília, conforme acionada por ele a Garantia da Lei e da Ordem, onde as forças armadas são requeridas para proteger a Esplanada dos Ministérios.

Isso é reflexo de que o presidente está ciente da força da classe trabalhadora junto a juventude em luta, que se mostrou extremamente forte na mobilização da greve geral do dia 28 de abril. Usou de maneira indiscriminada todas os aparatos de poder policial, que sempre se mostra muito útil para atacar os trabalhadores e a juventude, em prol da defesa dos interesses dos políticos e empresários.




Tópicos relacionados

#OcupaBrasília   /    Governo Temer   /    Repressão   /    Política

Comentários

Comentar