Internacional

GREVES NA FRANÇA CONTRA MACRON

[VÍDEO] Como Robin Hood: trabalhadores franceses a favor dos usuários e contra as empresas que demitem

terça-feira 24 de abril| Edição do dia

Vídeo da rede internacional de diários Esquerda Diário, sobre a onda de greves na França e as medidas operárias para vencer o ajuste de Macron.

(Vídeo em castelhano, com legendas em castelhano)

Os ferroviários lideram os protestos contra as reformas que impulsiona o governo de Emmanuel Macron, entre elas a reforma do estatuto que protege os trabalhadores da SNCF (Companhia estatal de trens).

A greve no setor energético causou cortes em estações de trens e bloqueios em centrais nucleares. Desta maneira, se somam aos trabalhadores dos hospitais, creches, correios e estudantes que vem protagonizando ocupações de faculdades e manifestações contra o plano que restringe o acesso à universidade mediante um sistema de seleção.

Como parte destas manifestações, os trabalhadores do setor da energia na França prometeram reconectar o serviço de energia, luz e gás, para as famílias carentes que não tem condições de pagar as faturas, e desligar a energia das empresas que demitirem trabalhadores ou impedirem a ação sindical.

Uma enorme mostra de solidariedade operária aos grevistas, e de hegemonia dos trabalhadores sobre o conjunto dos setores explorados e oprimidos da sociedade, contra o poder burguês. Uma verdadeira homenagem aos 50 anos do Maio de 1968.




Tópicos relacionados

Greve   /    França   /    Movimento Operário   /    Internacional

Comentários

Comentar