CAIXA 2 DE BOLSONARO

[VÍDEO] Ao lado de empresários, Bolsonaro pede apoio de patrões em sua campanha

Em outro vídeo, Bolsonaro aparece ao lado de um empresário de Santa Catarina e seu grande apoiador Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, fazendo pedido para que empresários sejam parte de sua campanha. Hang afirma que farão uma série de vídeos ao lado de Bolsonaro para disseminar, e o empresário de Santa Catarina afirma: "Estamos trabalhando dia e noite".

sábado 20 de outubro| Edição do dia

Em vídeo publicado no Facebook, Bolsonaro ao lado de dois empresários, fazem chamado para que os empresários se unam em torno da campanha do presidenciável. Luciano Hang, apoiador mais que declarado de Jair Bolsonaro, afirma que eles farão videozinhos curtos para espalhar nas mídias.

"Estamos aqui com Jair Bolsonaro, o nosso presidente, o cara que estamos trabalhando de manhã até de noite", afirma o empresário de Santa Catarina. Bolsonaro agradece e faz um chamado de apoio dos empresários à sua campanha.

Veja tambem: "Bolsonaro assume fraude de empresas: "Eu sei que fere a legislação"

Após o escândalo de caixa 2 protagonizado por Jair Bolsonaro esta semana, veio à tona que um grupo de empresários estariam patrocinando ilegalmente a campanha de Bolsonaro. É evidente que sua candidatura recebe um imenso apoio de diversos setores do mercado, interessado no programa de governo ultraneoliberal de Bolsonaro, que deseja aplicar um conjunto de ataques contra a classe trabalhadora.

Seu vice, General Mourão, declarou que quer acabar com o 13º salário e que a reforma da previdência será o carro-chefe de um possível governo de Bolsonaro. O plano de governo de Bolsonaro, assim como dezenas de declarações realizadas pelo presidenciável antes mesmo do início das eleições, mostram que Bolsonaro não tem nada de "anti-sistema" como costuma declarar: está de braço dado com os capitalistas, preparando uma agenda de ataques ainda mais duros do que o golpe e Michel Temer foram capazes de implementar.

Bolsonaro e seu programa ultra neoliberal, de ataques profundos aos trabalhadores, mulheres, negros e LGBTs precisa ser duramente enfrentado e para isso é preciso construir comitês de base em cada local de trabalho e estudo, capazes de organizar a classe trabalhadora e a juventude para combater Bolsonaro não somente nas urnas, mas também nas ruas.

Veja o vídeo abaixo:




Tópicos relacionados

Comitês contra Bolsonaro   /    Caixa 2   /    Eleições 2018   /    Bolsonaro

Comentários

Comentar