LANÇAMENTO

VEM AÍ: Lutadoras – Histórias de mulheres que fizeram história, das Edições ISKRA

Em breve calendário de lançamentos e atividades.

quarta-feira 11 de abril| Edição do dia

Nas próximas semanas será lançada a 2ª edição brasileira do livro Lutadoras – Histórias de mulheres que fizeram história das Edições ISKRA. Organizado por Andrea D’Atri e Diana Assunção, a primeira edição brasileira foi publicado em 2009. “É uma enorme satisfação quase 10 anos depois trazer ao público esta nova edição, revisada e ampliada, de um livro que tem como objetivo contar as histórias daquelas mulheres rebeldes, combativas e revolucionárias que a história oficial muitas vezes quer apagar”, declarou Diana Assunção, diretora geral da publicação. O livro conta com artigos sobre Flora Tristán, Louise Michel, Rosa Luxemburgo, Clara Zetkin, Carmela Jería, Lucrecia Toriz, Marvel Scholl, Clara Dunne, Genora Johnson Dollinger, Natalia Sedova, Chen Bilan, Mika Etchebéhère, Nadezhda Joffe e novos artigos incluídos.

Natália Angyalossy e Flávia Toledo, coordenadoras da edição brasileira também comentaram a nova edição. “É um livro impactante porque busca romper as narrativas subjugadas que muitas vezes querem nos colocar. Além disso, mostra que nos grandes acontecimentos históricos da humanidade, as mulheres sempre foram linha de frente. Mais uma contribuição da Coleção ISKRA Mulher, que já carrega diversos títulos sobre a relação entre a luta das mulheres e a luta anticapitalista, como ‘Pão e Rosas’, ‘Feminismo e Marxismo’ e ‘Mulher, Estado e Revolução’ de Wendy Goldman em parceria com a Boitempo Editorial”, comentou Natália. “Nesta nova edição teremos artigos novos sobre as grandes lutadoras Sylvia Pankhurst, Lucy Parsons, Rosa Parks, Alexandra Kollontai e Larissa Reisner. Além disso, trazemos novos anexos sobre as lições do ascenso operário no Brasil nas décadas de 1970 e 1980, além de um artigo sobre a luta das mulheres negras e quilombolas no Brasil”, completou Flávia.

O livro conta com orelha de Myriam Bregman, legisladora de Buenos Aires pelo Partido dos Trabalhadores pelo Socialismo (PTS) que integra a Frente de Esquerda e dos Trabalhadores (FIT, pela sigla em espanhol) e é uma grande referência na luta das mulheres na Argentina. A apresentação é de Luciana Boiteaux, professora associada da Faculdade Nacional de Direito da UFRJ e importante militante feminista do PSOL no Rio de Janeiro. O prólogo é assinado por Diana Assunção, fundadora do grupo de mulheres Pão e Rosas no Brasil e organizada do livro A precarização tem rosto de mulher. O livro é dedicado às mulheres trabalhadoras de todo o mundo que fizeram a terra temer por nossos direitos, e também à Marielle Franco, mulher, negra, LGBT e militante de esquerda assassinada no último mês por lutar contra a violência policial. A capa conta com ilustração da reconhecida artista feminista paranaense Elisa Riemer, e terá impressão em duas cores. Conheça mais sobre Elisa aqui.

“Esta é uma iniciativa do grupo de mulheres Pão e Rosas e esperamos que da leitura deste livro surjam muitas novas lutadoras não somente pelos direitos das mulheres mas pra lutar por uma nova sociedade, por uma sociedade comunista. Queremos que este livro seja uma ferramenta para os nossos grandes objetivos, e para as batalhas cotidianas que frente a uma convulsiva situação política nacional também precisamos dar”, finalizou Diana Assunção.

Em breve divulgaremos o calendário de lançamentos. O livro estará disponível para venda no site www.iskraeditora.com.br e nas livrarias da Casa Marx, localizadas no Rio de Janeiro, São Paulo, Santo André e também na Casa Rosa em Campinas, com distribuição em vários estados do país.




Comentários

Comentar