Sociedade

VAZOU: Robinho se compara a Bolsonaro e se diz perseguido pela Globo em caso de estupro

Em áudio vazado, Robinho fala com diretor do Santos e se compara com Bolsonaro. O jogador ganhou destaque nos grandes jornais e nas redes nesta semana após serem publicadas ligações interceptadas entre ele e seus amigos sobre o caso de estupro na Itália.

sexta-feira 16 de outubro| Edição do dia

Em áudio vazado, o jogador, falando com Diretor do Santos, se compara com Bolsonaro e diz que é perseguido pela Globo.

“É nesses ataques que você se aproxima de Deus que você se prepara. Tem ’N’ exemplos. Você viu o que fizeram com Bolsonaro antes da eleição, ataques que fizeram com o cara, falando que era isso ou aquilo, que era fascista, que era racista, assassino. E quanto mais eles batiam no Bolsonaro mais ele crescia. Estou em paz.”

O discurso realmente parece com o do presidente Jair Bolsonaro. Veja como ele segue:

"O bem sempre vence e a verdade vai aparecer. Os caras aí são pessoas usadas pelo demônio, né? A gente sabe como a TV Globo é uma emissora do demônio. É só você ver as novelas, as programações. Então eu estou em paz. Deus vai dar a vitória. Que se cumpra o propósito de Deus na minha vida. Meter gol neles, ’tamo junto’. Vou meter uma camisa quando fizer gol: ’Globo lixo, Bolsonaro tem razão’”

Clube suspendeu o contrato do jogador

Até tomar uma decisão sobre rescindir ou não o contrato do jogador, o Santos decidiu suspender o contrato de Robinho. A informação é do jornalista Lucas Musetti.

Segundo Rodrigo Capello, a razão da decisão do Santos não é outra senão a ameaça de patrocinadores em romper os contratos com o clube da Vila Belmiro caso Robinho permaneça. Em post ele lista os que ameaçaram rescindir contrato com o Peixe. A Orhopride já rescindiu contratos após o caso.




Tópicos relacionados

Santos   /    Machismo   /    Estupro   /    Futebol   /    Sociedade

Comentários

Comentar