Internacional

SUPLEMENTO DA FT-QI

Uruguai: Corriente de Trabajadores por el Socialismo (CTS)

quinta-feira 16 de maio| Edição do dia

No Uruguai, estamos passando por três mandatos de governo com a Frente Ampla no poder. Durante todo esse tempo, a coalizão tem demonstrado não ser uma alternativa à direita: já que com um discurso “de esquerda”, terminou governando e garantindo os negócios dos grandes capitais nacionais e estrangeiros. Hoje esse governo nos submete a novos acordos com empresas multinacionais como a UPM, e já se prepara para impor a reforma da previdência no país, aumentando a idade para se aposentar.

Diante do regime de impunidade dos repressores da ditadura e do consenso para um futuro ajuste, nas páginas do La Izquierda Diario Uruguay estamos propondo a conformação de uma Frente de Esquerda e dos Trabalhadores, para que se expresse nas próximas eleições uma verdadeira saída à crise que os capitalistas e o governo da Frente Ampla querem descarregar sobre nossas costas, e dessa maneira nos prepararmos em melhores condições para enfrentar os ataques que virão.

Atualmente, o La Izquierda Diario Uruguay recebe em média 15.000 visitas mensais e conta com a simpatia em setores que começam a querer organizar o crescente descontentamento com o partido da situação, lutando por conquistar a independência política e rompendo com a subordinação da central sindical PIT-CNT ao governo. Desde a Agrupação de Mulheres Pan y Rosas em Montevidéu e na cidade de Colônia do Sacramento, levantamos as bandeiras do feminismo socialista e revolucionário.

Nesses lugares, impulsionamos uma grande convocatória ao protesto internacional “Ele não”, frente à ascensão de Bolsonaro ao poder no Brasil, e participando também no 8M, em que as mulheres tomaram as ruas e pararam tudo contra a violência machista e pelos direitos das mulheres trabalhadoras.

Em cada luta propomos a unidade dos estudantes e das mulheres junto aos trabalhadores, na perspectiva da construção de uma organização de trabalhadores, revolucionária e socialista.




Tópicos relacionados

Fração Trotskista (FT-QI)   /    Internacional

Comentários

Comentar