Política

PRISÃO

Urgente: prefeito eleito de Osasco tem prisão preventiva decretada.

O vereador Rogério Lins (PTN), prefeito eleito em Osasco nas últimas eleições, teve a prisão preventiva decretada hoje,junto a mais 9 vereadores da cidade. A operação "caça fantasma", do ministério público de São Paulo, investiga a existência de funcionários fantasmas na câmara municipal, e suspeita de extorsão de parte dos salários dos funcionários dos vereadores.

Rodrigo Tufão

Metroviário, cipista da linha 1 Azul São Paulo

terça-feira 6 de dezembro de 2016| Edição do dia

Mais um caso que mostra o nível de corrupção,exercido pelos poderes e seus partidos. Lins foi eleito a pouco tempo com o slogan de "Renovação". Seu partido PTN, está envolvido em outros casos de corrupção.

Mais uma vez,a população é ludibriada nas eleições. Em meio à falta de opção, acabam por escolher entre o péssimo e o horrível. Visto o mar de lama que são os atuais partidos da ordem e seus candidatos. Lapas (PDT), candidato derrotado por Lins, não era melhor. Era mais do mesmo.

É necessário urgente a organização dos trabalhadores em seus locais de trabalho. Mobilizar e preparar uma grande greve geral no país. Tanto para derrotar a PEC do teto dos gastos,a reforma da previdência. Quanto para derrubar esse regime podre e impor uma assembléia constituinte livre e soberana, para limpar o congresso e por na ordem do dia as demandas sociais como saúde e educação.

Para isso é preciso enfrentar os patrões e seus políticos profissionais. Com independência de classe e democracia. Derrotar a casta política e seu regime corrupto. Só os trabalhadores organizados, podem dar uma saída progressista para a crise que vivemos.




Tópicos relacionados

São Paulo (capital)   /    Política

Comentários

Comentar