Internacional

Internacional

Urgente: jornalista do Esquerda Diário da Bolívia é presa

A jornalista do Esquerda Diário e militante do Pão e Rosas da Bolívia foi agredida e presa pela polícia nesta segunda-feira enquanto fazia a cobertura de uma ação de solidariedade com as mulheres de Achacachi.

terça-feira 19 de setembro| Edição do dia

Nesta segunda-feira a polícia da Bolívia prendeu a jornalista e militante da agrupação de mulheres Pão e Rosas, Violeta Tamayo, enquanto realizava a cobertura de uma manifestação em repúdio à repressão policial contra a vigília mantida pelas mulheres do povo Achacachi em frente ao palácio da justiça em La Paz.

Junto com Violeta foram presos ativistas e estudantes que participavam da manifestação. Durante a prisão foram maltratados e agredidos pela polícia e agora se encontram em celas da Força Especial de Luta Contra o Crime (FELCC), um corpo especial da polícia bolivariana, na avenida Sucre.

O Esquerda Diário Bolívia convoca a todos para se mobilizarem nas portas do FELCC para exigir a liberdade imediata de todas as pessoas presas e para denunciar a repressão policial.




Tópicos relacionados

Internacional

Comentários

Comentar