Internacional

ARGENTINA: ATO CONTRA A CÚPULA DO G20

[Urgente] Representante nacional do PTS/FIT é preso ilegalmente no ato contra a Cúpula do G20

Nesta tarde durante a mobilização contra a Cúpula do G20, Guillo Pistonesi representante do PTS e da Frente de Esquerda dos Trabalhadores foi preso. Nicolás del Caño deputado nacional do partido denunciou a prisão arbitrária por meio do seu twitter.

sexta-feira 30 de novembro| Edição do dia

Tradução do tweet: Guillo Pistonesi representante de nosso partido quando se dirigia a mobilização contra a Cúpula do G20 junto ao vereador Patricio del Corro. Exigimos sua liberdade!

Pistonesi além de ser representante do PTS é assessor parlamentar dos deputados Nicolas del Caño e Nathalia Gonzalez Seligra.

O legislador portenho do PTS/FIT Patricio del Corro denunciou a arbitrariedade da detenção de Pistonesi, que foi realizada sob pretextos insólitos; "Nos avisaram que estavam aprendendo uma caminhonete com bandeiras. Chegamos e nos avisaram que os walk-talkies não estavam habilitados. Temos os documentos. Foram dois os detidos, entre eles o representante do partido. Quiseram deter até a mim, que sou deputado. A caminhonete pertencia ao partido. E a caminhonete seguiu. Nós os possuímos porque como todos sabem os sinais dos celulares são cortados nas marchas e é mais seguro para nós tê-los. Se sequestram os materiais, porque prendem?"

Myriam Bregman, deputada portenha do PTS/FIT explicou que "a utilização dos walk-talkies é um mecanismo utilizado para nos comunicarmos nas mobilizações. Nada de diferente de qualquer ato. Além disso a pessoa que eles detiveram, nosso representante, nem sequer estava nessa caminhonete. Ele foi detido quando se identificou e perguntou o que estava ocorrendo".

Tradução: #G20Summit2018 | Contra o imperialismo opressor e explorador, contra o Governo ajustador que os recebe com honras. Veja nosso ato em repúdio ao #G20Argentina: http://bit.ly/2ADFBZV

Por último, afirmou que as detenções constituem um "atropelo e provocação" por parte do Governo nacional.

Assim que tomaram conhecimento das detenções, distintas organizações sociais, políticas e de organismo de direitos humanos repudiaram a ação policial.




Tópicos relacionados

PTS   /    PTS na FIT   /    Internacional

Comentários

Comentar