Educação

Greve Professores Municipais SP

Urgente: Professores municipais de sp em greve ameaçam entrar na Câmara para barrar o Sampaprev

Centenas de professores ameaçam entrar na câmara pra impedir a votação do sampaprev, o choque já está lá dentro e a GCM tenta acalmar os professores que não se intimidam e aos cantos de não tem arrego ameaçam entrar a qualquer momento

quarta-feira 14 de março| Edição do dia

Neste momento na cidade de São Paulo, centenas de professores estão em manifestação em frente à Câmara Municipal. Os portões foram fechados e a população impedida de entrar.

O prefeito Dória (PSDB) quer aprovar uma absurda reforma da previdência na cidade de São Paulo (Sampaprev), que quer que vire exemplo ataque aos trabalhadores a ser seguido em todo o país. Diante da tropa de choque, os professores aguerridos estão dispostos a não deixar passar, para dar um exemplo de luta a todo o país, em frente à Câmara, aos gritos como "Deixa passar a revolta popular", "Não tem arrego!". Professores mandam relatos de que a qualquer momento pode haver repressão, como houve ontem.

Nem a mídia conseguiu esconder a enorme força da greve, que já atinge quase 100% da categoria dos professores municipais. É hora de ir pra cima de Doria e impedir o avanço da agenda de ataques em todo o país. Toda a esquerda, como o PSOL, centrais sindicais como Intersindical, Conlutas devem enviar todo tipo de apoio aos municipais organizando desde a base suas categorias, bem como CUT e CTB para impor derrota com grande unidade da classe aos planos tucanos.

Veja fotos da mobilização que ocorre agora:

Veja também:
"Qual o papel dos sindicatos?" participe do debate de greve entre professores municipais de SP

6 motivos para apoiar a greve dos professores municipais em SP

15/3: Todos com os professores pra barrar o SampaPrev de Doria




Tópicos relacionados

Greve Professores Municipais SP   /    Sampaprev   /    Professores São Paulo   /    João Doria   /    Educação   /    Professores   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar