×

Rio de Janeiro | Unificar estudantes e trabalhadores no dia 28 em apoio aos garis

Comlurb e Paes demitiram dois garis, além de várias suspensões, simplesmente pelo motivo dos trabalhadores terem se manifestado. Castro quer implementar uma nova reforma da previdência estadual e Guedes aprovar a reforma administrativa, além do corte absurdo de 92% na CAPES que deixa pesquisadores passando fome.

Calvin de OliveiraEstudante de Geografia da UFF - Niterói

Faísca - UFF@faiscarevolucionaria

quarta-feira 27 de outubro | Edição do dia

Neste dia 28 de outubro estão marcadas duas manifestações contra ataques importantes dos governos, sejam municipais, estaduais ou federal. No caso do Rio de Janeiro coincidem os três com o mesmo objetivo: tirar os direitos da juventude e dos trabalhadores para manter os lucros dos empresários.

Os trabalhadores da Comlurb, estão marcando sua terceira manifestação contra a troca de plano de saúde, sem consulta aos trabalhadores, que fez Eduardo Paes em conjunto com os diretores da empresa. Agora inflados pelas demissões políticas de dois companheiros, Bruno da Rosa e André Balbino, esses garis manifestam politicamente contrários aos ataques de Paes e estão sendo perseguidos por isso.

Demissões Políticas | Empresa demite e suspende trabalhadores usando acusações falsas

O ataque é um absurdo. Ainda mais se tratando de uma categoria que não tem reajuste salarial desde 2019 e que vem vendo seu dinheiro comido pela inflação. Nessa categoria que trabalha precisamente com coleta de resíduos, querem trocar o plano de saúde para um que não existe há mais de 1 (um) ano na cidade do Rio de Janeiro e não garante à cobertura de hospitais como o atual, expondo os trabalhadores a falta de acesso ao tratamento de saúde, fazendo com que trabalhadores que tinham procedimentos e cirurgias marcados tenham que procurar por conta própria uma solução.

Esses garis também vão ser afetados pela reforma administrativa que quer passar Guedes com objetivo de pagar a dívida pública e facilitar seus planos para reeleger Bolsonaro. Além da reforma administrativa defendida pelo Governo Federal, existem ataques estaduais e municipais que querem impor Paes e Castro com o Regime de Recuperação Fiscal, restringindo novas contratações no serviço público, sobrecarregando os atuais trabalhadores, sem contar o congelamento salarial e a reforma da previdência municipal e estadual.

Essas medidas são o projeto da burguesia brasileira para os trabalhadores. Mas os estudantes também vêm sofrendo os ataques na pele. Além da incógnita se haverá orçamento para que 2022 em inúmeras universidades federais possam funcionar, as bolsas do PIBID e de Residência Pedagógica estão atrasadas, dentro de um corte já substancial da oferta de bolsas nas universidades. Isso é fruto dos cortes de Guedes de 90% na CAPES, tirando o direito da juventude estudar e acabando com a pesquisa no Brasil.

Por isso, no dia 28, nós da Faísca do Rio de Janeiro estamos fazendo um chamado aos estudantes de se unificar com os garis na Central do Brasil mostrando total apoio à luta deles, e que juntos os estudantes e trabalhadores são mais fortes. Consideramos que no dia do servidor público, frente a última manifestação dos garis que reuniu mais de 500 trabalhadores, não existe nada mais importante do que estar fortalecendo essa luta. Chamamos assim, as organizações de esquerda, como UJC, Afronte, Correnteza, Juntos, Rebeldia, Vamos à Luta, Ecoar e RUA, e também D.A’s, C.A’s, DCE’s e especial o DCE da UFRJ dirigido por parte dessas correntes, que se somem a essa exigência à UNE, que vem chamando um ato separado na Candelária.

Chamamos também todos a se somarem à campanha democrática feita pelos companheiros da CST contra as demissões, assinando aqui. E também na campanha de fotos de apoio à luta de garis, impulsionada por nós da Faísca que já aderiram os companheiros do Afronte e da Rebeldia. Tire a sua com: "Contra as demissões políticas de Paes e Comlurb, reintegração Já! Todo apoio a luta dos garis" e manda pra esse número: (21)988715662 e poste nas suas redes sociais marcando o Esquerda Diário(esquerdadiariooficial) e Juventude Faísca(faiscarevolucionaria).




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias