Sociedade

CAMPINAS

Uma pessoa morre afogada após ser arrastada por chuva forte em Campinas

Durante temporal no final da tarde desta quinta, 24, um homem ainda não identificado foi vítima fatal de afogamento.

sexta-feira 25 de janeiro| Edição do dia

Foto: G1 Campinas

Ele morreu por afogamento ao ser arrastado por uma enxurrada no bairro Jardim Proença. Outros bairros e toda a região central da cidade tiveram acidentes com quedas de árvores, alagamentos e fortes enxurradas que destruíram parte do asfalto. Todo verão a mesma preocupação toma a população de Campinas, pois os acidentes e suas graves consequências não são novidade nessa época do ano em que as chuvas fortes são esperadas.

O trágico acidente que levou à morte um homem de 41 anos, ainda não identificado, ocorreu por volta das 17h, segundo informações do Corpo de Bombeiros. O socorro do Resgate ainda tentou reanimá-lo, mas a vítima já havia falecido por afogamento. Tudo aconteceu na Avenida Princesa D’Oeste, no Jardim Proença, um local de grande circulação.

Outras áreas de grande fluxo de carros e ônibus foram muito afetadas, com alagamentos e queda de árvores na Orozimbo Maia, Senador Saraiva e Andrade Neves, colocando em risco a vida da população, em especial dos que circulam por essas regiões ao final da tarde na volta do trabalho ou da busca de crianças das escolas.

A prefeitura e a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (EMDEC), responsável pelo trânsito e movimentação urbana, não atuam com objetivo de prevenção e sequer trata do tema como uma questão fundamental a ser resolvida, mesmo sendo uma repetição do horror ano após ano. Quem sofre as consequências é a população.




Tópicos relacionados

Jonas Donizette (PSB)   /    Sociedade   /    Campinas

Comentários

Comentar