Mundo Operário

USP

URGENTE: Reitoria da USP dá ordem de desocupação da sede do SINTUSP

Reitoria da USP entregou hoje ao Sindicato dos Trabalhadores da USP notificação que determina a desocupação da sua sede histórica, com ameaça de medida judicial, num ataque frontal ao Sintusp e ao direito de organização sindical.

quarta-feira 6 de abril de 2016| Edição do dia

A medida foi tomada hoje, com prazo de 30 dias para cumprimento. A reitoria dá como justificativa somente a "regularização dos espaços públicos nos campi da USP" e a "necessidade de aproveitamento acadêmico da área" ocupada pelo sindicato desde pouco após a fundação do campus, na década de 60, quando ainda era Associação.

Para Claudionor Brandão, diretor do Sintusp e demitido político, "trata-se de um ataque direto ao sindicato e ao direito de organização sindical dos trabalhadores. Não houve sequer tentativa da reitoria de apresentar alguma justificativa para essa medida além da dura perseguição política que tem levado à frente contra o sindicato, através de processos, outras tentativas de demissão, e agora essa medida. Nós, ativistas do Sintusp e demais trabalhadores da USP, resistiremos contra esse ataque, e defenderemos o direito elementar de organização sindical, que está sendo violentamente atacado na USP. Chamamos todas as organizações sindicais, entidades estudantis, organizações de direitos humanos, parlamentares da esquerda e demais setores democráticos a rechaçar ativamente esse ataque ao Sintusp e ao direito de organização sindical."

Veja abaixo a notificação.




Tópicos relacionados

USP   /    São Paulo (capital)   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar