Cultura

REPRESSÃO A CULTURA

URGENTE: Prefeitura de Hortolândia lacra espaço Arte e Cultura da cidade.

Grazieli Rodrigues

Professora da rede Estadual em Campinas

Sagui

Estudante Secundarista de Campinas

terça-feira 25 de julho| Edição do dia

Foto da ação da GM hoje, com os usuários do espaço do lado de fora.

Novamente, o CAC - Centro de Arte e Cultura de Hortolândia está sendo atacado pela Secretaria de Cultura de Hortolândia e pelo Prefeito Ângelo Perugini (PDT), em 2015 o espaço passou por uma batalha parecida, como noticiamos aqui.

Hoje a tarde Guarda-Municipal invadiu o local, acompanhada de funcionários da Secult e lacrou o espaço, bloqueando acesso dos usuários e funcionários do local, inclusive com todo o patrimônio conquistado pela comunidade que gesta o espaço e impedindo a entrada dos membros da COC - Comissão Organizadora do CAC e do Coletivo de Educação Popular Jacuba que desde 2009 estiveram a frente da administração do espaço, juntos aos moradores que fazem uso do espaço, dando exemplo de resistência ao desmonte da cultura imposto hoje aos espaços como o CAC.

Os membros da Comissão e do Jacuba foram retirados do espaço e atacados com spray de pimenta e violência física por parte da GM, como é possível ver no vídeo feito pelos presentes no espaço hoje, durante a abordagem da guarda para lacração:

O objetivo desse ataque é dar continuidade ao processo de privatização da cultura, barrado em 2015, durante o ataque do governo de Meira (do PT) ao espaço e desmobilizar qualquer movimento que torne os trabalhadores sujeitos da gestão dos espaços públicos. Chamamos todos a concentração que está acontecendo agora no CAC e para o ato marcado para às 16h, em frente a Prefeitura de Hortolândia em defesa do CAC e dos espaços de cultura.

Não permitamos esse absurdo! Tirem as mãos do CAC e dos nossos direitos!




Tópicos relacionados

Repressão   /    Campinas   /    Cultura

Comentários

Comentar