URGENTE: Ocupação da FSA sitiada pela Tropa de Choque e ameaçada de reintegração

sábado 25 de novembro| Edição do dia

A mobilização dos estudantes da Fundação Santo André é uma resposta ao aumento arbitrário de 6,5% das mensalidades e também exigem a rematrícula dos estudantes inadimplentes. Em meio à crise econômica que impõe 26,6% de desemprego entre a juventude do Grande ABC, estes jovens lutam pelo direito de permanecer estudando, dentro de uma instituição que já ofereceu ensino público e hoje é responsável por endividar seus alunos, em mais uma medida de elitização do ensino superior.

A Reitoria da FSA não abriu nenhum canal de negociação e hoje garante a presença da Polícia Militar, que está impedindo a entrada de apoiadores no campus.

Todo apoio aos estudantes em luta da FSA!
Abaixo a repressão policial!




Comentários

Comentar