ASSASSINATO DE EMBAIXADOR RUSSO

URGENTE: Embaixador russo é assassinado na Turquia

Acaba de ser baleado fatalmente o embaixador russo na Turquia, Andrei Kárlov. O assassino feriu mais três pessoas e foi morto por policiais no local. O prefeito de Ancara identificou ele como o policial Mert Altintas, e também afirmou que o objetivo da ação era prejudicar a relação entre Rússia e Turquia. Após disparar, o assassino disse em árabe: "Não esqueçam Aleppo! Não esqueçam a Síria! Qualquer um que participe dessa opressão vai morrer, um por um", afirmou.

segunda-feira 19 de dezembro de 2016| Edição do dia

[atualizado às 16:43]

Andrei Kárlov foi alvejado pelas costas ao terminar um discurso na inauguração de uma exposição fotográfica "Rússia através dos olhos dos turcos". Moscou classificou a ação como um "ato terrorista" e a ONU condenou o assassinato. O atirador feriu mais três pessoas e foi morto pela polícia no local do atentado.

A porta-voz do Ministério do Exterior russo, Maria Zakharova, disse que o assunto será incluído na agenda do Conselho de Segurança da ONU. "A memória deste excelente diplomata russo, um homem que fez tanto para combater o terrorismo, (...) permancerá em nossos corações para sempre", afirmou ela.

O prefeito de Ancara, capital da Turquia onde ocorreu o assassinato, disse que a ação visa prejudicar as relações entre Turquia e Rússia. Ele também informou que o assassino era um oficial de polícia turco identificado como Mert Altintas. Ele atuava na polícia desde 2014.

Um fotógrafo da agência de notícias Associated Press que testemunhou o incidente disse que Karlov, 62, fazia um discurso quando um homem usando terno e gravata gritou "Allahu Akbar" ("Deus é maior", em árabe) e disparou vários tiros.

Em seguida, ele disse em árabe: "Não esqueçam Aleppo! Não esqueçam a Síria! Enquanto não estivermos todos seguros, vocês também não sentirão segurança. Qualquer um que participe dessa opressão vai morrer, um por um", afirmou.

"Somente a morte me levará daqui", concluiu ele em turco, e repetiu "Deus é grande" em árabe várias vezes antes de ser abatido pela polícia.

Segundo o portal Haberturk o assassino, de 22 anos, pertencia à organização terrorista FETO (Organização de Terror Fethullah).

O assassino:

Veja o vídeo do momento em que o embaixador foi alvejado:




Comentários

Comentar