Mundo Operário

LUTA UNILEVER

URGENTE: Assédio e repressão contra os trabalhadores da Unilever nesse sábado

Republicamos a nota do sindicato do Químicos de Vinhedo sobre o assédio e a repressão que ocorreu nesse sábado com os trabalhadores da Unilever de Vinhedo. Nós do Esquerda Diário, nos solidarizamos a essa importante luta dos trabalhadores da Unilever que vem a uma semana em greve contra as 130 demissões, e contra a terceirização. Todo apoio a essa luta, e abaixo o assédio e repressão da patronal junto a polícia.

sábado 7 de outubro| Edição do dia

COMUNICADO DA GREVE

Mais uma vez, a Unilever Vinhedo atenta contra o direito de greve de seus empregados e contra a liberdade sindical

Desesperada com a ampla adesão dos trabalhadores à greve, que paralisa a produção há uma semana, a Unilever está buscando os trabalhadores em casa, que chegam na encapuzados em transportes clandestinos para trabalhar forçado.

Um destes carros dirigido por um diretor da empresa chegou a atropelar dois dirigentes sindicais que pediu para conversar com os trabalhadores.

As ilegalidades praticadas pela empresa apenas reforçam que a greve é vitoriosa e os abusos cometidos contra o direito dos trabalhadores não vão nos intimidar.

Segue também o vídeo da Maloca, com imagens da intimidação da polícia aos trabalhadores




Tópicos relacionados

Campinas   /    Movimento Operário   /    Campinas   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar