Política

ELEIÇÕES 2016 RIO

Tuitaço #NãoFogeDoDebateCrivella emplaca tag mais comentada no Rio e a terceira no país

A campanha de Marcelo Freixo (PSOL) organizou a ofensiva na rede social Twitter com a hashtag #NãoFogeDoDebateCrivella para questionar o fato de que o candidato do PRB desmarcou sua presença nos principais debates televisivos e em eventos em que debateria com Freixo diretamente. O resultado teve repercussão.

sexta-feira 14 de outubro| Edição do dia

Ficando em terceiro lugar entre os “Trending Topics” (TT, os tópicos mais comentados na rede social) em todo o país, e em primeiro no Rio de Janeiro, a hashtag criada pela campanha de Freixo para pressionar o candidato Marcelo Crivella a comparecer aos debates do segundo turno teve repercussão inclusive na mídia patronal, como em matéria d’O Globo.

Crivella, cuja preferência no segundo turno tem sido apontada pelas primeiras pesquisas, chegando a 62% das intenções de voto, está se valendo da tática de evitar qualquer encontro em que tenha que se enfrentar diretamente com o candidato do PSOL.

Ele aproveita do fato de que possui um imenso aparato de campanha, como a Rede Record e a Igreja Universal do Reino de Deus – ambas propriedade de seu tio Edir Macedo – e, portanto, pode ser muito mais conhecido do que Freixo, que conta com uma campanha independente dos patrões e baseada na militância de seus apoiadores.

O tuitaço é uma das formas que a equipe de campanha de Freixo encontrou para tentar, por meio da militância virtual de seus apoiadores nas redes, furar o bloqueio imposto pela mídia e pelo próprio adversário, que tem apostado em uma campanha recheada de demagogia e tentando encobrir seus pontos fracos. Diante disso, Freixo tem ido para uma ofensiva maior, denunciando, por exemplo, o apoio de Garotinho a Crivella.

Em seu comício em Madureira, Freixo também abordou o tema da fuga de Crivella nos debates e ironizou a declaração dada pelo candidato do PRB, que, após ter sido chamado de covarde pelo candidato do PSOL por não ir aos debates, declarou: "Ele quer discutir agenda nacional. Quer intimidar com aquele tórax, com aquele bração e com aquela cara de brabo. Todo mundo fica com medo."

Veja alguns dos tuítes que circularam na rede ontem com a tag #NãoFogeDoDebateCrivella:




Tópicos relacionados

Rio de Janeiro   /    Política

Comentários

Comentar